sexta-feira, 14 de julho de 2017

Gov Mangabeira : Técnicos do INEMA são convidados para visitar Lixão Clandestino da Gestão Anterior.

Na manhã de sexta-feira (14), o GOVERNO DA MUDANÇA recepcionou a Equipe do INEMA.
Os técnicos do Instituto do Meio Ambiente vieram ao município por solicitação do Secretário Municipal de Meio Ambiente e Juventude que, após assumir a pasta em janeiro de 2017 conversou com o Prefeito Marcelo Pedreira e relatou sobre os graves riscos a saúde pública por conta de um LIXÃO CLANDESTINO herdado da gestão anterior.

Preocupado com a gravidade do problema, o Prefeito Marcelo Pedreira de imediato ordenou que o Secretário fizesse tudo que possível para buscar formas de solucionar àquele passivo ambiental.
A vista foi acompanhada Secretaria de Meio Ambiente, pela Secretaria de Saúde do município através da vigilância sanitária com a Coordenadora Núbia Ferreira e a servidora Eliana Teles.
Em várias vistas e reuniões no INEMA, o Secretário conseguiu trazer ao município o Coordenador Regional do órgão Messias Gonzaga e os Técnicos Márcio Pimentel e Anderson Carneiro que, de bate e pronto parabenizou o Prefeito e toda sua equipe administrativo pelo gesto atípico nas relações de administração pública." É algo inédito presenciar um gestor com preocupação nas questões ambientais ; queremos parabenizar pelo gesto grandioso do senhor é de seu governo em poder ter nosso órgão (INEMA) como parceiro de políticas positivas quanto ao Meio Ambiente" Comentou Messias Gonzaga ( Coordenador Regional do INEMA).
Após vistar e constatar a gravidade do problema na área que foi utilizada de forma inadequada e criminosa, os técnicos do INEMA irão emitir um parecer para posteriormente município buscar realizar os procedimentos legais para corrigir os erros que foram herdados pela atual gestão.
Quanto a responsabilidade de quem cometeu o Crime Ambiental, poderá responder criminalmente na justiça comum. Os técnicos também avaliaram e constataram que, com os despejos de lixo domiciliar, lixo eletrônico, dejetos e lixo hospitalar naquele local, praticamente àquela área já está comprometida.
" Fui muita irresponsabilidade destinar lixo naquele local; é uma falta de sensibilidade e de compromisso com a saúde pública da população; o destino inadequado do lixo causou um grande problema para o Meio Ambiente e impactou literalmente as nascentes ali existentes, bem como a contaminação de todo o solo , provocando também a poluição visual e poluição do ar" Comenta o Secretário de Meio Ambiente Derlan Queiroz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário