domingo, 31 de julho de 2016

Corte de 51% da verba da Rede Nacional de Pesquisa pode deixar 740 universidades sem internet

Com o pretexto de economizar, o governo federal reduziu a verba destinada à Rede Nacional de Pesquisa, de R$ 258 milhões, em 2015, para R$ 126 milhões neste ano, o que representa uma diminuição de 51%. Com o corte, até setembro 740 unidades de universidades no interior do Brasil podem ficar sem internet. O repasse costuma ser feito em maio, mas até agora o valor não foi depositado.
Nelson Simões, diretor geral da Rede, aponta que, caso o dinheiro não seja repassado nos próximos meses, estudantes, professores, pesquisadores e pacientes de hospitais universitários podem ser seriamente prejudicados.

sábado, 30 de julho de 2016

Projeto que detona serviço público pode ir a voto dia 02 de agosto

Na próxima terça-feira (02), haverá nova rodada de luta contra o PLP 257/2016. O projeto pode ir a plenário. A CUT e os sindicatos de servidores prometem continuar resistindo.
A aposta é de que a emenda 119, do deputado Afonso Florence (PT-BA), seja aprovada pela maioria e barre a série de medidas negativas contidas no projeto original.
“A emenda permite a renegociação da dívida dos estados sem as condicionantes que reduzem o gasto com os servidores e a venda de patrimônios, como previsto no PLP”, afirma o dirigente executivo da CUT Pedro Armengol. Para ele, como o PLP 257 mexe com muitos interesses corporativos, não há consenso em torno dele sequer na bancada governista.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

A Terceirização e a Desumanização do Trabalhador

O Projeto de lei no. 4330/2004, que foi aprovado na Câmara e aguarda votação no Senado, é uma tragédia para os trabalhadores, representando o maior retrocesso na legislação trabalhista dos últimos setenta anos. Ele autoriza a terceirização de forma irrestrita – e irresponsável -, única e exclusivamente para atender os interesses econômicos daqueles que financiaram as campanhas parlamentares e agora cobram a fatura.
Em média, os terceirizados recebem salário 24,7% menor do que o dos empregados diretos, trabalham 7,5% a mais (3 horas semanais) e ainda ficam menos da metade de tempo no emprego. Segundo estudo do Dieese,“a média de permanência dos terceirizados no emprego é de 2,6 anos, e a do trabalhador direto é de 5,8 anos. Uma rotatividade que é de 44,9% nas terceirizadas e de 22% entre os diretamente contratados. Isso resulta em problemas para os trabalhadores, prejudica sua formação profissional e ainda gera mais gastos para o FAT (Fundo de Amparo do Trabalhador), pois aumenta os custos com seguro desemprego" [1].
Portanto, ao contrário do que diz o discurso oficial, não se trata de“modernizar” as relações de trabalho, mas sim de criar um mecanismo perverso de concentração de riqueza, que transfere a renda do trabalhador para o empresário, ao permitir que este aumente sua rentabilidade pagando menos pela mão de obra, sem ter que se preocupar com outros encargos trabalhistas. Em outras palavras, ao reduzir o custo da contratação, o lucro do empresário aumenta, enquanto o trabalhador passa a ganhar menos e a trabalhar mais.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Agricultura familiar, prioridade contra a fome na América Latina

A cada dia, 27 milhões de latino-americanos e caribenhos, cerca de 5,5% da população regional, acordam sem ter o que comer. É um número ainda colossal, mas bem menor do que a média de 58 milhões registrada pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) no período entre 1990 e 1992. À época, 14,7% dos moradores da América Latina e do Caribe sofriam com a desnutrição.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Multinacionais Obrigam Funcionários a Usar Fralda e Proíbem Ida ao Banheiro

A montadora japonesa Nissan vem sendo acusada pela United Auto Works Union (UAW), sindicato dos trabalhadores da cadeia automotiva e maior entidade sindical dos EUA, de obrigar funcionárias da fábrica situada no município de Canton, Mississipi, a usar fralda geriátricaColaboradoras da fábrica relatam que foram orientadas pela chefia a usar fraldas, embora tenha havido resistência por parte delas.

Brasileiro pode trabalhar 40% a mais com reforma da Previdência

O governo federal deve propôr, na reforma da Previdência, uma espécie de “pedágio” para aumentar o tempo de contribuição do segurado do INSS, antes de ele poder pedir a aposentadoria. A regra prevê um acréscimo de 40% no tempo que faltar para o trabalhador se aposentar, a contar da data em que a reforma for promulgada. A possibilidade foi comentada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, numa rede social, e confirmada ao EXTRA ontem, pelo secretário de Previdência Social, Marcelo Caetano.
Muitas propostas estão em estudo, e esta é uma delas. O que se pode dizer, até agora, é que estamos indo a fundo nas questões técnicas, especialmente nas regras de transição, que são importantes para a proposta de reforma — afirmou Caetano, após uma palestra sobre o assunto na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

terça-feira, 26 de julho de 2016

Em carta, seis Centrais criticam política de Temer para Previdência e Trabalho

Líderes das seis maiores centrais sindicais do país divulgaram carta com duras críticas à atuação do governo no combate ao desemprego. "Apesar da importância do emprego para a sociedade, o governo não tem atuado para a solução desse grave problema. Ao contrário (...) tem proposto medidas que aprofundam cada vez mais o drama dos trabalhadores", diz o documento assinado por CUT, UGT, CTB, Força Sindical, CSB, NCST.
As centrais devem divulgar a carta nesta terça-feira, 26, durante assembleia conjunta das centrais em São Paulo. O documento traz sugestões para a retomada do crescimento econômico e a geração de empregos e também faz duras críticas à reforma na Previdência.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

MPT garante a reintegração de 5 dirigentes sindicais da Electrolux em São Carlos

Araraquara - Cinco dirigentes sindicais empregados na fábrica da Electrolux, em São Carlos, foram reintegrados em suas funções após a intervenção do Ministério Público do Trabalho. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos, os trabalhadores foram demitidos, sem justa causa, por meio de conduta antissindical provocada por uma posição contrária da empresa à atuação dos dirigentes na negociação do pagamento de diferenças de horas extras no importe de R$ 2,8 milhões.

domingo, 24 de julho de 2016

Agenda Mangabeira cumpre seu objetivo e fecha semana com chave de ouro

Nesta última semana, entre os dias 20, 23 e 24 de julho, a AGENDA MANGABEIRA pôde ouvir propostas das comunidades de Rua VANJU, Comunidade Brejos e Comunidade de Torto.
A semana fechou com a última reunião neste domingo(24), com chave de ouro onde mais de 2.000 ( duas mil pessoas) estiveram presentes na casa do amigo ORLANDINHO LEITE.
" Não podemos descansar; as reuniões estão muito boas mas, precisamos avançar mais ainda; é importante cada um companheiro continuar na importante tarefa de dialogar frente a frente com a população no sentindo de convencer o que é melhor para Governador Mangabeira" Comenta Derlan Queiroz ( 1° Suplente do PT de Governador Mangabeira) " A responsabilidade também é nossa por que o sofrimento também é nosso; precisamos dá dignidade ao nosso povo, resgatar a Democracia e passar nossa cidade a limpo" Finaliza Derlan Queiroz .

sábado, 23 de julho de 2016

Trabalhadores são resgatados em fazenda no Maranhão

O Grupo Especial de Fiscalização Móvel resgatou 27 trabalhadores submetidos a condições análogas às de escravo em duas fazendas de criação de gado para corte no Maranhão. A ação aconteceu de 12 a 22 de julho nas cidades de Brejo de Areia e Arame, e contou com a participação do Ministério Público do Trabalho, Defensoria Pública da União, Ministério do Trabalho e Previdência Social e Polícia Federal.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Gov Mangabeira: " Enquanto ELES se confundem e batem cabeça, nós continuamos ampliando e seguindo com muita unidade" Afirma Derlan Queiroz(1º Suplente Vereador PT)

Como se fosse um TREM DESGOVERNADO ou sem comando, foram essas algumas das classificações que a população definiu a indecisão na reunião que aconteceu ontem(21) à noite com o grupo da atual gestão do município de Governador Mangabeira-Bahia.
De acordo a publicação nas redes sociais (vide print abaixo), em reunião na noite da quinta-feira(21), o grupo da atual gestão que já perdeu mais de 30 importantes lideranças, agora RACHA e divide as opiniões dentro do próprio grupo quanto ao apoio de quem será o preferido para sucessão municipal.

O Interessante também está na publicação quando , dos 06 Edis Governamentais, 03 defendem o nome do ex gestor e os outros 03 defendem o nome do candidato apresentado pela atual gestão.
O assunto tomou conta da cidade e os comentários percorreram pelas redes sociais através do Facebook e WhatsApp onde a população pôde constatar a evidência de uma verdadeira crise politica interna do grupo da atual gestão que, já dentro do período da convenção ainda não conseguem se entender.
Enquanto isso, o grupo da oposição que é liderado por Marcelo continua ampliando, recebendo importantes adesões e caminhando de forma coesa e com muita UNIDADE , dialogando com a população de forma transparente e democrática, através da AGENDA MANGABEIRA que segue firme ouvindo e discutindo propostas para o desenvolvimento de um plano de governo para dá dignidade e melhorar as condições de vida da população de Governador Mangabeira-Bahia.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Dano Moral Coletivo : Consórcio de energia é condenado em 2 milhões

São Luís - O Consórcio Estreito Energia (Ceste) foi condenado a pagar R$ 2 milhões de indenização por dano moral coletivo e a cumprir diversas obrigações por conta de irregularidades encontradas durante a construção da hidrelétrica de Estreito (MA). A condenação é resultado de uma ação civil do Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA).
Quatro gigantes da economia mundial formam o consórcio: Companhia Energética Estreito (antiga Suez Energia Renovável), Vale, Estreito Energia e Camargo Corrêa Cimentos. Segundo as investigações, no ápice dos trabalhos, cerca de 7 mil operários de 39 contratadas e subcontratadas do Ceste atuaram na execução da obra.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Terceirização e seus riscos e afrontos a legislação

Atualmente, a probabilidade de clientes de bancos serem atendidos por trabalhadores terceirizados é alta, tendo em vista que a subcontratação de serviços é uma das principais ferramentas da reestruturação produtiva no setor bancário. Praticamente todas as atividades bancárias são realizadas por trabalhadores vinculados a empresas de call centerou a correspondentes bancários, existindo terceirizados em quase todas as áreas dos bancos, inclusive nas atividades consideradas tipicamente bancárias, tais como processamento de documentos, compensação de cheques, atendimento aos clientes e vendas de produtos comercializados pelas agências, como por exemplo, empréstimos consignados, seguros e cartões de crédito.

terça-feira, 19 de julho de 2016

É falso que a Previdência tem déficit, ao contrário ela tem superávit

Manipulações e desrespeito à Constituição maquiam saldos negativos
Por Carlos Drummond, Carta Capital
O sistema de proteção social brasileiro é o mais abrangente da América Latina, mas corre o risco de uma regressão se a sociedade e o Congresso aceitarem a reforma da Previdência esboçada pelo governo do presidente interino Michel Temer.
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou na segunda-feira 30 o envio ao Legislativo de uma proposta de emenda constitucional para fixar um teto de gasto para o setor, parte de uma reformulação geral provavelmente no estilo preconizado pelo Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional entre as décadas de 1980 e 1990, de viés privatizante.
O encaminhamento da PEC aprofunda a desestruturação, iniciada nos anos 1990, do sistema instituído pela Constituição de 1988 e aponta para a reversão de conquistas obtidas na luta contra a ditadura. Há no País 24,5 milhões de aposentados e pensionistas, 8,6 milhões no meio rural, e dois terços recebem um salário mínimo por mês. 
Segundo o governo, o principal problema das contas públicas é um déficit previdenciário crônico. Um diagnóstico longe do consenso. Consideradas todas as receitas previstas na Constituição, os saldos são positivos e suficientes para financiar todos os gastos do governo federal com previdência, saúde e assistência social, calcula a economista Denise Gentil, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Governador Mangabeira : AGENDA MANGABEIRA avança com apoio e manifestações espontâneas nas comunidades

 Na noite de domingo (17) , foi a vez da comunidade de mais uma comunidade Rural de queimadas, receber de braços abertos a caravana da alegria , da paz e do amor pelo povo querido de Governador Mangabeira -Bahia.
A família do grande amigo EDMILSON recebeu em sua residência a população local para mais uma reunião da AGENDA MANGABEIRA. 
O Grupo é composto por grandes quadros políticos de Governador Mangabeira e é liderado pela força pujante da juventude aguerrida de Marcelo Pedreira que a cada encontro dialoga sobre os anseios da população para de forma coletiva construir propostas para seu plano de Governo.
"Vamos caminhando e avançando a cada dia com democracia e unidade para consolidarmos a vitória do povo mangabeirense que não aguenta mais de tanta humilhação, descaso e sofrimentos; o povo precisa respirar e sentir alegrias nos olhos quando percorrer a cada canto da nossa cidade" Comenta Derlan Queiroz ( Primeiro Suplente do -PT de Governador Mangabeira) " "Vamos na paz pq enquanto eles destilam o ódio nós estamos de braços e corações abertos para receber o povo bem para destilar o AMOR" Finaliza Derlan Queiroz.

domingo, 17 de julho de 2016

A Localiza Rent a Car pagará indenização de R$ 100 mil por irregularidades na jornada

Porto Alegre -   A Localiza Rent a Car  foi condenada em ação civil pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) por conta de irregularidades no registro e duração de jornadas, remuneração de horas extras e concessão de descanso semanal remunerado. A empresa deve pagar indenização de R$ 100 mil por danos morais coletivos e adequar as irregularidades alvo da ação, sob pena de multa.

sábado, 16 de julho de 2016

Maceió-AL : Encontro Regional da ARTSIND reoxigena e potencializa militantes para continuar em defesa da democracia e lutar contra o GOLPE.

Na manhã de quinta-feira(14) , o estado de Alagoas já se preparava para receber o 2º Encontro Regional da maior corrente política da Central Única dos Trabalhadores para a atividade que aconteceu nos dias 15 e 16 de julho de 2016. 
As movimentações, concentrações e chegada dos estados inciaram logo na quinta-feira (14), quando foram bem recepcionados pelos Alagoanos. Neste 2º encontro, reuniram dirigentes dos estados de Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Piaui.
O evento reuniu mais de 200 dirigente sindicais no Centro Social da FETAG-AL e teve como pauta pontos direcionados a defesa da democracia e o fortalecimento para enfrentamentos dos direitos da classe trabalhadora.
Durante o encontro, 05 (cinco) dirigentes da CUT Nacional ( Sérgio Nobre, Aparecido Donizetti, Maria Godoy, Rosane Bertotti, Edjane Rodrigue e Marcelo),  estiveram prestigiando e debatendo com os dirigentes sindicais. Além dos dirigentes Nacionais, a atividade também contou com a presença das assessorias, Paulão (Deputado Federal do PT Alagoas) e dos ex dirigentes da CENTRAL, Feijó e Jacy Afonso.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

"Resistência popular contra ataque de Temer a direitos vai crescer" Disse Vagner Freitas

"Nós vamos construir a greve geral", disse nesta sexta-feira (15) o presidente da CUT, Vagner Freitas, durante seminário em defesa da Previdência promovido pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. Mais do que decidir uma mobilização "por decreto", o representante dos trabalhadores considera o sentido coletivo da greve, como instrumento inevitável frente ao ataque a direitos pretendido pelo governo interino de Michel Temer. "A greve geral vai acontecer. É o descaso de Temer, e uma hora sai a greve para fazer o enfrentamento necessário", afirmou.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Justiça Federal pede o arquivamento do inquérito de impeachment de Dilma Roussef

O Ministério Público Federal (MPF) concluiu que a “pedalada” fiscal envolvendo o Plano Safra – uma das duas bases do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado – não se configurou operação de crédito nem crime. O mesmo entendimento foi aplicado a outras “pedaladas”, que não fazem parte do impeachment, como os atrasos de repasses da União para a Caixa Econômica Federal (CEF) referentes a programas sociais como o Bolsa Família, seguro-desemprego e abono salarial.
O procurador da República Ivan Cláudio Marx, responsável pelo procedimento criminal aberto no MPF no Distrito Federal, pediu nesta quinta-feira à Justiça Federal o arquivamento do inquérito. Na última sexta-feira, Marx já havia decidido arquivar parte das investigações, referente à “pedalada” com o BNDES. Os atrasos do governo nos repasses de auxílio de taxas de juros de financiamentos do banco foram entendidos como um “simples inadimplemento contratual”.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Governador Mangabeira/Bahia : Suplente de Vereador do PT protocola denuncia no INEMA sobre lixão clandestino

Na tarde de quarta-feira (13), o 1º Suplente de Vereador do Partido dos Trabalhadores do Município de Governador Mangabeira, Derlan Queiroz  esteve no INEMA para protocolar a denuncia sobre o lixão clandestino que está sendo utilizado pelo município de Governador Mangabeira-Bahia.

O 1º Suplente de Vereador que também é Engenheiro Ambiental e foi Secretario de Meio Ambiente do Município no período 20009/2012 protocolou a denuncia e afirmou que pode anexar ao processo fotos e videos dos resíduos lançados no pátio da própria Secretaria de Meio Ambiente, bem como do lixão que fica localizado no final da rua VANJU , aproximadamente 300 km do PSF da comunidade.
Derlan esteve em Feira de Santana-Bahia com o Coordenador Regional do INEMA, Messias Gonzaga onde relatou sobre o crime ambiental, riscos de contaminação do solo e proliferação de doenças para toda a população por conta da forma ILEGAL de descarte final dos resíduos sólidos.

Sindalimentação apoia e solidariza coma luta dos trabalhadores da Empresa Paquetá em Ipirá-Bahia

Francisco Neto (Cawboy)
Em meios aos grandes ataques nas questões trabalhistas em que o governo interino e golpista de Michel Temer (PMDB) tenta implementar no País, uma parcela de empresários já eufórico com a possibilidade de uma maior exploração, já ensaiam a possibilidade de aumentar a precarização e retirada de direitos. 
Trabalhadores da Paquetá em Ipirá (Bahia) 
Na terça-feira (12) quem  recebeu o receado da CUT e do movimento sindical foi a empresa de calçados Paquetá que fica localizada na região da Bacia do Jacuípe em IPIRÁ, município que fica a 214 km da capital baiana.
Francisco Neto (Cawboy) 
O Sindicato dos Trabalhadores nas Industrias de Alimentação e Afins do Estado da Bahia - SINDALIMENTAÇÃO Bahia esteve presente na assembléia com seu dirigente Francisco Neto (CAWBOY) , por entender o processo de solidariedade na luta em defesa da Classe Trabalhadora. " Não vamos tolerar a retirada dos direitos dos trabalhadores ; A CUT e seus sindicatos vão reagir a altura na luta em garantir nossas bandeira de lutas e conquistas históricas; por isso, o mote é lutar pela garantia dos direitos e avançar na LUTA pela ampliação dos mesmo pois, não vamos pagar essa conta que não é nossa " Crava Cawboy (foto acima). 

Derlan Queiroz - Militante

terça-feira, 12 de julho de 2016

Trabalhadores da Empresa de Calçados Paquetá protestam contra Assédio Moral e Redução de Direitos.

Na madrugada desta terça-feira (12), logo às 04:30 da manhã, a Direção da CUT Bahia, Sindalimentação Bahia e Metalúrgicos estiveram em apoio junto direção do SINDICAL para realizar uma assembléia com os Trabalhadores da Empresa de Calçados Paquetá.
A indústria fica no município de Ipirá-Bahia na região da Bacia do Jacuípe e atualmente conta com 1.800 empregados
Na assembléia ampliada de protesto foi pautado, discutido e deliberado sobre as ações do SINDICAL e da CUT para combater todos os tipos de precarização no local de trabalho, dentre eles, foi destacado o ASSÉDIO MORAL praticados pela política perversa de gestão da empresa, as PERSEGUIÇÕES de grande parte do corpo gestor da empresa, falta de EPI'S, precarização no local de trabalho com falta de fardamentos e/ou fardamentos sem condições mínimas de uso, número grande de trabalhadores adoecidos no local de trabalho, falta de política ergonômica, proposta da empresa em reduzir direitos dos trabalhadores, dentre outros. 
A CUT Bahia esteve representada pelos seus sindicatos filiados, militantes e pelo Secretário de Organização e Política Sindical Josenilton Ferreira (Cebola).
" A CUT veio aqui para apoiar a direção deste valoroso SINDICATO e todos os trabalhadores; estamos aqui para atender o clamor da assembléia que é soberana ; queremos dialogar por que acreditamos na democracia e na boa conversa para que os problemas sejam resolvidos mas, não abrimos mão de hipótese alguma de defender com unhas e dentes os interesses da classe trabalhadora; se a empresa achar que não deve sentar para negociar os trabalhadores não deverão abrir mão de usar todos os instrumentos de luta e mobilização que tem, inclusive a GREVE" Comenta Derlan Queiroz que mesmo descompatibilizado dos cargos de Secretário de Relações do Trabalho da CUT BAHIA e dirigente do SINDALIMENTAÇÃO Bahia, esteve presente como militante. 
 Após assembléia ampliada de protesto em que os trabalhadores e as trabalhadoras cruzaram os braços por 4 horas e meia, ficou encaminhando que:
1) A direção do SINDICAL ira protocolar novamente um ofício até dia 13 convocando a direção da empresa para uma reunião e, neste ofício deverá conter todos os pontos discutidos e decididos em assembléia realizada frente a fábrica no dia 12 de julho de 2016.

2) Neste mesmo ofício o sindicato NOTIFICARÁ a Empresa para que não haja desconto no salário dos trabalhadores as horas que estiveram em assembléia.
3) A assembléia também decidiu que se a empresa continuar se negando a negociar, o SINDICATO está autorizado para chamar outra assembléia de protesto e poderão aprovar indicativo de greve.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Suplente de Vereador do PT denuncia crime ambiental praticado pela Prefeitura Municipal de Governador Mangabeira/Bahia.

Na tarde de segunda-feira (11) , o 1º Suplente de Vereador do PT de Governador Mangabeira, Derlan Queiroz flagrou mais um crime ambiental praticado pela prefeitura municipal de Governador Mangabeira/Bahia conforme foto abaixo:
Derlan Queiroz que é Engenheiro Ambiental e foi Secretário Municipal de Meio Ambiente afirma que desde o inicio do mês de maio de 2016 que vêem recebendo denuncias que a PMGM está destinando o resíduo sólidos de forma irregular e criminosa.
Lixo depositado no solo da Secretaria de Meio Ambiente
Na atuação, Derlan registrou lixo domiciliar sendo jogado dentro do próprio pátio da Secretaria de Meio Ambiente de Governador Mangabeira e descobriu um lixão clandestino onde a Prefeitura está depositando todo o lixo da cidade. 
Lixão do final da RUA VANJU em Gov Mangabeira
O Lixão clandestino e irregular fica localizado no final da rua VANJU , logo após o posto de saúde da família - PSF daquela comunidade.
Na quarta-feira (13) Derlan Queiroz estará  indo até o INEMA para cobrar providências do orgão competente.
Do que adianta propagar que dizer que fez PSF e propagar que investe em saúde e, por outro lado contamina a população cometendo crime quando descarta de forma ilegal os resíduos sólidos coletados em toda cidade . Questiona Derlan Queiroz