terça-feira, 24 de maio de 2016

Sindicalista propõe ATO Público em defesa dos direitos dos Garis de Governador Mangabeira-Bahia

Depois de ouvir vários servidores de limpeza pública no último final de semana quanto aos maus tratos, precárias condições de trabalho, humilhações e falta de respeito com a Lei do Dia do Servidor de Limpeza Pública , o Sindicalista Derlan Queiroz membro da Direção Executiva da Central Única dos Trabalhadores - CUT/Bahia,  propôs um ATO Público para comemorar e reivindicar os direitos dos trabalhadores. 
" Tivemos um dialogo com alguns servidores, ouvimos as reclamações e anotamos as reivindicações deles e, estamos esperando a sinalização dos mesmos para podermos contribuir neste importante ATO público e democrático  em defesa destes importantes trabalhadores" Comenta o Sindicalista
De acordo com Derlan Queiroz, é lamentável o tratamento que se dá aos trabalhadores. Muitos comentaram que estão com muitas ferias vencidas, licença sem poder tirar, fazem horas extras e não recebem e ainda faltam materiais para trabalhar a exemplo dos Equipamentos de Proteção Individual - EPI's.
Os trabalhadores ainda comentaram sobre a Lei do Dia do Servidor de Limpeza Pública que não foi cumprido como os 03 (três) primeiros anos de sua aprovação(2009,2010 e 2011). " Lembro que entre 2009 e 2010 recebíamos um tíckt de café da manhã no valor de R$ 2,00 (dois) reais e isso nos foi tirado de forma brusca, sem explicações" Comenta um servidor.
" Nos não entendemos qual o motivo deles maltratarem tanto a gente assim; nós somos precarizados e já não temos direito nem de reclamar e agora, em nosso dia , eles se omitiram a cumprir o minimo que estava escrito na lei; Lei pra que ?" Questionam os servidores.
Na quarta-feira, 26 de maio de 2016, teremos reunião com a executiva da CUT Bahia e vamos colocar em Pauta esse ponto dos Servidores de Governador Mangabeira; Caso os servidores sinalizem, vamos dialogar com o novo Presidente do SINGOMANGA, companheiro Adilson Gonçalves para que possa ajudar os servidores municipal a se mobilizarem para este ATO seguido de comemoração do Dia do Servidor de Limpeza Pública" Comenta Derlan Queiroz (Secretario de Relações do Trabalho da CUT Bahia). " Se a Câmara negar espaço para que os servidores poderem reivindicarem seus direitos de acordo com que está escrito em Lei, vamos convocar outros dirigentes da CENTRAL para somar com o SINGOMANGA e os servidores municipais para soltar nossa voz nas ruas e socializar os problemas com a sociedade " Crava o Sindicalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário