quinta-feira, 14 de abril de 2016

NESTLÉ : Na Bahia, 817 trabalhadores vão as urnas e aprovam Acordo Coletivo de Trabalho 2016

Durante todo o dia da quinta-feira (15), a direção do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins do Estado da Bahia - SINDALIMENTAÇÃO/Bahia estive em assembleia com os trabalhadores frentes as unidades fabris do Estado da Bahia nas cidades de Feira de Santana e Itabuna.
Na assembleia os dirigentes sindicais dialogaram com os trabalhadores sobre o processo de negociação deste ano, informaram sobre a reunião que aconteceu na FELATRAN em São Paulo com a direção da empresa no dia 11 de abril onde tratou sobre o processo de periculosidade e insalubridade dos trabalhadores eletromecânicos.
Como de costume, os 817 trabalhadores que foram as urnas e, por meio de votação através de escrutínio secreto, decidiram pela aceitação do Acordo Coletivo de Trabalho - ACT 2016/2017 com o seguinte resultado após escrutinação dos votos de FEIRA DE SANTANA E ITABUNA:

1) 539 trabalhadores disseram SIM pela aprovação , correspondente a 65,97 % dos que votaram;
2) 275 trabalhadores disseram NÃO pela aprovação, correspondente a 33,66% dos que votaram;
3) 002 trabalhadores optaram por votar NULO, correspondente a 0,25% dos que votaram;
4) 001 trabalhador optou por votar em BRANCO, correspondente a 0,12 % dos que votaram.

Com isso, a vitória foi da democracia que de forma transparente e respeitosa os trabalhadores puderam passaram por mais um processo de escolha e aprovação de um acordo coletivo de trabalho onde 2/3 disseram SIM e que agora, a partir do resultado final , fica consolidado a participação dos trabalhadores como um todo.
Para Derlan Queiroz(Dirigente do SINDALIMENTAÇÃO/Bahia e Secretário de Relações do Trabalho da CUT Bahia), o resultado final do processo após a votação para escolha do ACT 2016 por meio de escrutínio secreto demonstra a maturidade e o grande poder de mobilização que a categoria tem nas unidades de Feira de Santana e em Itabuna.
" Avaliamos que obtemos avanços neste processo de negociação; sabemos que não atingimos tudo que queríamos mas, nossos esforços puderam trazer para vocês estes números que estamos apresentando e os trabalhadores deverão seguir sua consciência e votar SIM ou NÃO" Comentou Carlos Cerqueira (Coordenador Geral do SINDALIMENTAÇÃO/Bahia). " , É importante lembrar que a empresa desejava para esse acordo a politica de congelamento e redução de beneficios a exemplo a primeira rodada de negociação quando a empresa ofereceu simplesmente 3% de reajuste, Piso de R$ 1.220,00, redução de R$ 600,00 reais na PLR Fixa, redução na PLR Variàvel, redução no auxilio material escolar e redução na concessão do auxilio medicamento para 30% , congelamento do Tickt Alimentação no valor de R$ 560,00" Finalizou Carlos.
Ainda em tempo Carlos Cerqueira apresentou as propostas para apreciação dos trabalhadores: Piso Salarial de R$ 1.300,00, Reajuste de 9,5%, PLR Fixa de R$ 5.300,00, PLR Variável de 100%, Tickt Alimentação de R$ 615,00 e manutenção de todas as clausulas do Acordo Anterior sem redução de benefícios.
" Nesta oportunidade onde estamos frente a frente aos companheiros, não podemos negar o que precisamos defender; É super importante dialogar com os companheiros no sentido de fazer os devidos contra-pontos referente a tentativa de GOLPE que está sendo articulada entre os Deputados conservadores do nosso País, entre a rede globo e entre parte do Judiciário viciado que por decisões tendenciosas e espetáculos midiáticos colocam o Brasil em clima de instabilidade e de muito terror " Comenta Derlan Queiroz ( Dirigente do SINDALIMENTAÇÃO/Bahia e Secretário de Relações do Trabalho da CUT Bahia).
" Não há justificativa técnica e nem jurídica quanto a esse pedido absurdo de Impeachamant da Presidenta Dilma; Queremos chamar a reflexão dos companheiros para que fiquem atentos que o GOLPE que está em curso não é contra Dilma, não é contra Lula e nem contra o PT; o GOLPE que está ai é contra o povo brasileiro e principalmente contra nos trabalhadores" Chama atenção Derlan Queiroz. " O Temer assumindo o Brasil como presidente a pauta primeira e principal será a AGENDA BRASIL que tem a proposta de USURPAR os direitos dos trabalhadores; vejam que temos 55 projetos no Congresso Nacional que são danosos aos trabalhadores a exemplo da PLC 30/2015 (Terceirização sem limites) , PL 4193/2012 onde o patrão poderá negociar diretamente com os trabalhadores reduzindo até o que está na legislação,PLS 555 que fala sobre a privatização da (Caixa Economica, Correios , dentre outros), PL 7549/2014 que trata sobre impedimento do trabalhador demitido reclamar na justiça, dentre outros; Vamos ocupar as ruas , NÃO VAI TER GOLPE . . . VAI TER LUTA! " Finalizou o Sindicalista
" Isso tudo é o verdadeiro GOLPE que a direita conservadora do Pais 




Nenhum comentário:

Postar um comentário