segunda-feira, 21 de março de 2016

Primeiro GRITO da ÁGUA de Feira de Santana reúne sindicatos e movimentos sociais nas ruas da cidade


DEFENDER A ÁGUA É DEFENDER A VIDA
Na manhã desta segunda-feira (21) véspera do Dia Mundial da Água, o SINDAE juntamente com Sindicatos CUTistas e movimentos sociais ocuparam as ruas de FEIRA de SANTANA afim de chamar a atenção da população sobre a privatização da água.

Os manifestantes estiveram concentrados desde às 08:00 horas da manhã na praça do Nordestino em Feira de Santana e, às 09:30 horas saíram em caminhada pela Av Senhor dos PASSOS, passaram em frente à Prefeitura Municipal onde realizar uma ATO PÚBLICO chamando a atenção do Governo MUNICIPAL e Governo Estado que estão numa articulação de PPP ( Parceria Público Privada) para privatização da água no segundo maior município do estado da Bahia.
Danilo Anunciação (foto) , Coordenador Geral do Sindae-Bahia e Secretario de Meio Ambiente da CUT Bahia chamou a Prefeitura Municipal, Governo do Estado, Deputados e Vereadores para a responsabilidade com a população baiana . Disse Danilo Anunciação.  " Vamos combater esse tipo de privatização aqui em Feira, em Salvador , em Itabuna , no Oeste da Bahia e em todos os locais que os governos pensem em atentar contra um bem e um patrimônio que pertence a sociedade"nunciação. " Não vamos permitir que o prefeito de Feira e o Governo do Estado entregue nossa água para a ODEBRECHT AMBIENTAL; empresa essa que está envolvida em um dos maiores escândalos de corrupção do Pais" Finalizou Danilo.
Após o ATO frente ao paço municipal os manifestantes seguiriam até a Câmara de Vereadores onde realizaram mais uma intervenção com falações de representantes das entidades quando todos alertaram aos Vereadores do Município sobre os enfrentamentos que serão feitos afim de barrar o projeto de privatização que alguns edis da cidade já votaram a favor.
" Esse movimento é o primeiro passo para os enfrentamentos futuros no sentido de barrar esse projeto maléfico para a população que é a privatização do bem comum que é a água " Comentou Derlan Queiroz ( Direção do SINDALIMENTACAO e Secretário de Relações do Trabalho da CUT Bahia).
" Queremos chamar a atenção de toda população para fazer a reflexão do que é a PRIVATIZAÇÃO da Água; caso isso aconteça, os trabalhadores e toda população pagará muito caro por isso, desde a conta da água nos recibos , como também na precarização no local de trabalho para os operários que vão desenvolver a atividade laboral na empresa" Finaliza o dirigente
Maria CONCEIÇÃO BORGES (foto),  do SINTRAF Feira e Vice Presidenta da CUT Bahia chamou a atenção da população dos ataques que os trabalhadores veem recebendo do Governo Municipal e frisou os prejuízos da privatização da água lembrado também do projeto do Prefeito José Ronaldo (DEM) em urbanizar a zona rural, bem como a falta d'água na zona rural de Feira de Santana e dos municípios do Portal do Sertão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário