quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Lula se solidariza com Chico e critica “analfabetos políticos”

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a sua esposa, Marisa Letícia, divulgaram nota, na noite desta terça-feira (22), em solidariedade ao cantor e compositor Chico Buarque, que foi alvo de uma agressão no Rio de Janeiro, por causa de suas posições políticas.


Na última segunda,Chico foi cercado na rua por um grupo de jovens que se assumiam antipetistas e tentaram intimidar o cantor, questionando suas posições políticas de esquerda. Apesar da deselegância dos interlocutores, o artista permaneceu tranquilo, rebateu as provocações com ironia e reiterou de que lado está: “Eu acho que o PSDB é bandido, e aí?”, disse, respondendo ao xingamento de um dos agressores dirigido ao PT.

Na nota, Lula destaca a importância de Chico para a cultura brasileira. “Nosso maior artista, o mais fino intérprete da alma de nossa gente”, elogia o ex-presidente, lembrando que o cantor jamais se omitiu nas lutas pela democracia e justiça social.

Segundo ele, um artista com a trajetória de Chico “não merece ser ofendido, muito menos por sua coerência”. Para Lula, “é muito triste ver a que ponto o ódio de classe rebaixa o comportamento de alguns que se consideram superiores, mas não passam de analfabetos políticos”.

Confira, abaixo, a íntegra da  nota de Lula e Marisa:


Um abraço ao amigo Chico

Chico Buarque é um patrimônio da cultura e do povo brasileiro; nosso maior artista, o mais fino intérprete da alma de nossa gente. É admirado, por tudo o que fez e faz na música e na literatura, e respeitado, como cidadão consciente que jamais se omitiu nas lutas pela democracia e justiça social. Um brasileiro com essa trajetória, e que tem no sangue a herança do professor Sérgio Buarque e de dona Maria Amélia, não merece ser ofendido, muito menos por sua coerência. É muito triste ver a que ponto o ódio de classe rebaixa o comportamento de alguns que se consideram superiores, mas não passam de analfabetos políticos. Apesar de vocês, amanhã há de ser outro dia. Receba, querido Chico, nossa solidariedade, sempre. 

Lula e Marisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário