terça-feira, 20 de outubro de 2015

Bolsa Família completa 12 anos

O programa Bolsa Família beneficia quase 14 milhões de famílias, garantindo o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. Segundo estudos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, o programa revela impacto positivo na saúde dos beneficiários, com a melhora da situação alimentar e nutricional, do peso das crianças ao nascer e dos índices de vacinação. O direito à alimentação adequada foi o impacto mais imediato do Programa Bolsa Família pois, sem ele, garantem os especialistas, não há como construir o direito à vida, à dignidade humana, e o acesso aos direitos e aos deveres da cidadania. Parlamentares da bancada do PT na Câmara ressaltaram as conquistas para a alimentação e saúde. 

Para o deputado Odorico (PT-CE) o Programa Bolsa Família foi o que mais impactou o mundo no século XXI. “Porque não foi apenas a questão da alimentação, o Bolsa Família ficou vinculado à escolaridade da criança e da vacinação. E essas são condicionantes importantes para um impacto positivo do programa. No Nordeste, mesmo vivendo grande estiagem há três anos, a gente não vê mais retirantes, pessoas deixando seu lugar. E isso fundamentalmente é resultado do Bolsa Família”, afirmou.
O deputado Jorge Solla (PT-BA) destacou que junto com outras políticas públicas, o Bolsa Família permitiu reduzir a desigualdade social.
“Este é um programa importantíssimo pois vem dando às crianças brasileiras atendidas uma nova perspectiva de vida. Mais alimento, mais saúde”, disse.
O deputado Padre João (PT-MG) disse que o programa significa o resgate da dignidade da pessoa. “Além disso, um ponto fundamental do Bolsa Família é a confiança no povo brasileiro, sobretudo nas mulheres que são, em sua maioria, chefes de família. Em vez de receber uma cesta básica, a família recebe o dinheiro e pode comprar aquilo que é mais adequado”, disse. “Superar a fome e a miséria é a ação mais importante de qualquer país e isso o Brasil fez. O Bolsa Família é um dos programas mais importantes no sentido de garantir que o cidadão tenha acesso ao alimento”, ressaltou Padre João. 
A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) ressaltou que nos 12 anos do programa foi possível verificar o crescimento dos beneficiados no acesso a outras políticas de inclusão. “O Bolsa Família deu condições para que as famílias pudessem buscar outros direitos. Ou seja, significa inclusão social. Podemos citar como exemplo o ProUni, de acesso à universidade. Então, o Bolsa Família mudou a vida das pessoas e, consequentemente, mudou também o país. O Bolsa Família deu autoestima ao cidadão e foi capaz de estimula-lo a buscar outros direitos. Tínhamos um mapa da fome, da miséria e hoje somos referência em programa de transferência de renda”, disse.
O deputado Bohn Gass (PT-RS) lembrou que “esta primeira geração de crianças atendidas pelo Bolsa Família está crescendo sem fome e isso faz diferença na vida delas”. O Bolsa Família, acrescentou, “é um programa vitorioso”.
Por Gizele Benitz, do PT na Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário