sexta-feira, 1 de maio de 2015

Pepsico do Brasil : Sindalimentação e Trabalhadores quebram a irreversibilidade e a decisão corporativa da empresa quanto aos ajustes no Plano de Saúde

Com uma greve programada para "estourar" logo na segunda-feira(04) em Feira de Santana na Bahia, a direção da Pepsico do Brasil se reuniu urgentemente em São Paulo a fim de resolver e decidir a atender às reivindicações dos trabalhadores.
Na sexta-feira (24) atendendo a decisão da assembléia dos trabalhadores, a direção do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins do Estado da Bahia - SINDALIMENTAÇÃO-Bahia, notificou a empresa Pepsico do Brasil para informar da realização da GREVE por tempo indeterminado por conta de uma decisão unilateral e muito prejudicial aos trabalhadores por parte da empresa quanto a utilização do Plano de Saúde Unimed.
No inicio deste ano, a empresa decidiu mudar a coparticipação do plano de 20% para 50% e, as consultas que eram ilimitadas,passar a ter um limite de 12 consultas anuais. Essa decisão foi o estopim para gerar uma grande revolta e insatisfação dos trabalhadores dentro da fábrica.
Ainda antes da assembléia que aprovou a greve, a direção do SINDICATO reuniu com a empresa para resolver o impasse mas, não obteve sucesso. Naquele momento a empresa dizia que a decisão é corporativa e era irreversível qualquer decisão que pudesse se opor a determinação da empresa quanto as mudanças do plano de saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário