quarta-feira, 6 de maio de 2015

Feira de Santana : CUT, Sindalimentação e Metalúrgicos participam e apoiam assembleia do SINDAE realizada na CERB

" Sindalimentação solidariza com a LUTA dos trabalhadores da CERB" Derlan Queiroz (Dirigente do Sindalimentação e Coordenador da CUT Regional Portral do Sertão)
Na manhã desta quarta-feira (06), o SINDAE realizou uma assembleia com os trabalhadores da CERB em Feira de Santana-Bahia.
A atividade contou com o apoio da CUT Bahia através do metalúrgico e Secretario de Organização e Politica Sindical, Josenilton Ferreira Pereira
CEBOLA).
Ainda estiveram presentes os dirigentes da Fetiaba (Veronildo Queiroz e Marcleuber Oliveira), dirigentes do Sindalimentação Bahia (José Netto , Rômulo Araújo , Francisco Neto e Derlan Queiroz). Os metalúrgicos marcaram apoio com os companheiros (Josenilton-Cebola), Marivaldo e Tiago

Além da assembleia ser específica para discutir o Participação dos Lucros dos trabalhadores, os sindicalistas aproveitaram para falar sobre a PL 4330, MPs 664 e 665, Reforma Política, Democratização da Midia e Taxação das Grandes Fortunas.
" O Sindalimentação é solidário com a LUTA DOS TRABALHADORES DA CERB" Disse Derlan Queiroz. Precisamos ser solidários a nós mesmo na LUTA pela derrubada das MPs 664 e 665, PL 4330 ; Dia 29 de maio estão todos convocados para a paralisação nacional; Não queremos que Renan Calheiros (PMDB) continue pousando com bom samaritano para tentar se o "pai da criança" quando insinua em engavetar o projeto; Não podemos cair no golpe do PMDB que é a desmobilização do nosso movimento; precisamos exigir que o projeto vá para votação e que seja derrubado pelas nossas forças nas ruas de nosso País" Crava Derlan Queiroz (Coordenador da CUT Regional Portal do Sertão e Dirigente do Sindalimentação-Bahia.
" A unidade dos trabalhadores é fundamental para avançarmos nas LUTAS; a CUT como protagonista da LUTA em defesa dos direitos dos trabalhadores estará firme mais uma vez para derrubar tudo aquilo que for de prejuízos para a classe trabalhadora " Comenta Josenilton Ferreira (Cebola) da CUT Bahia.
" Defenderemos sempre melhores condições de salários e benéficos para os trabalhadores; esse sempre foi e será o papel da CUT e de seus sindicatos filiados; Não podemos permitir a precarização do trabalho, visto que um companheiro terceirizado recebe 30% a menos e trabalha 3 horas a mais por semana que um trabalhador não terceirizado; 'precisamos lutar para garantir direitos e ampliar conquistas" Relata Danilo Assunção (Coordenador Geral do SINDAE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário