terça-feira, 10 de março de 2015

Rio de Janeiro – MPT investiga venda de camiseta infantil de Huck

Rio de Janeiro – O Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ) investigará se houve utilização irregular de modelos infantis pela grife Use Huck, pertencente ao apresentador de televisão Luciano Huck. Recentemente, a marca teve que retirar do site de vendas camisetas que supostamente desrespeitam os direitos das crianças e dos adolescentes. As peças, produzidas para o Carnaval, eram estampadas com a frase “Vem ni mim que eu tô facin”.
O MPT vai avaliar se a veiculação da propaganda expôs os modelos mirins a situações incompatíveis com a idade deles e se o trabalho prejudica o desenvolvimento físico e psicossocial das crianças.
A investigação também analisará se os produtos incentivam a exploração sexual infantil. “O objetivo do procedimento é averiguar a utilização de trabalho proibido de crianças e adolescentes”, explicou a procuradora do Trabalho Sueli Bessa, coordenadora regional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes. A investigação será conduzida pela procuradora Dulce Martini Torzecki.

Nenhum comentário:

Postar um comentário