quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

'Não podemos aceitar a retirada de direitos dos trabalhadores', diz coordenador regional da CUT

O coordenador regional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em Feira de Santana, Derlan Queiroz afirmou as Centrais Sindicais farão uma reunião com o Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República no dia 19 de janeiro, em São Paulo, na qual solicitarão formalmente a retirada das referidas medidas pelo Poder Executivo e apresentarão suas propostas.
“As entidades se manifestam contrárias as decisões unilaterais que foram tomadas pelo governo, principalmente, em relação ao seguro desemprego e ao auxilio doença”, afirmou.
No dia 28 de janeiro vai acontecer o Dia Nacional de Lutas por emprego e direitos, com todas as entidades orgânicas e filiadas, de todas as categorias e ramos que compõem as seis centrais.
“Não podemos, em hipótese alguma, aceitar a retirada de direitos dos trabalhadores e vamos reagir em tudo que possa interferir nesses direitos. O que foi dito pela presidenta Dilma Rousseff (PT), na campanha não condiz com a decisão unilateral que foi tomada”, finalizou. Informações:www.deolhonacidade.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário