quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Empresa dos EUA produz sacolas plásticas a partir de flatulência de vacas

A empresa californiana Newlight tem produzido sacolas plásticas de uma forma não convencional: a partir do metano expulso nas flatulências de vacas ou que se desprende dos lixões. "É biomagia", brincou Oliver Campbell, diretor do departamento de embalagens da Dell e criador da novidade. As sacolas comumente encontradas são feitas de petróleo, enquanto as produzidas pela Newlight vêm do AirCarbon. Como consequência do procedimento, há a contribuição para a redução de gases tóxicos no meio ambiente. "[O metano] reage com um biocatalizador e cria uma reação que separa o carbono e o oxigênio no gás. Então passa por um período de fermentação, de onde surge este material plástico", explicou Campbell em entrevista à BBC. A partir do processo, que é mais barato que o uso do petróleo, é possível criar diversos tipos de plástico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário