sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Valor de energia pode cair pela metade

Uma proposta de mudança dos preços mínimo e máximo da energia no mercado a curto prazo foi apresentada nesta terça-feira (15) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Atualmente, o teto do chamado Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) está fixado em R$ 822,83 por megawatt-hora (MWh) e o mínimo em R$ 15,62. Segundo o novo texto, o máximo seria R$ 388,04 e o mínimo, R$ 30,26. A mudança se baseia na substituição da usina térmica – hoje utilizada como base para o PLD – pela de Mario Lago, movida a gás. De acordo com a Aneel, os preços refletem o comportamento do PLD nos últimos anos. Neste período, o preço da energia só teria atingido o teto em 2008 e 2013, e por apenas uma semana. Em 2014, o PLD permaneceu no teto por várias semanas entre fevereiro e março. Uma audiência presencial está marcada para o dia 3 de novembro e a consulta pública sobre a proposta ficará aberta até o dia 10 do mesmo mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário