terça-feira, 28 de outubro de 2014

Dia Histórico : " O Povo não é bobo ! Abaixo a rede globo"

Os 34 segundos que pareceram uma eternidade. Durante o pronunciamento da presidente reeleita Dilma Rousseff, ao vivo para todo o Brasil, a Rede Globo não conseguiu impedir que o telespectador ouvisse gritos de protesto contra a própria emissora

Em seu primeiro discurso após o anúncio da vitória do segundo turno neste domingo 26, a presidenta Dilma Rousseff (PT) prometeu executar com prioridade a reforma política, alvo de um plebiscito informal antes do primeiro turno.
“A palavra mais repetida, mais dita, mais falada, mais dominante foi mudança. O tema mais amplamente invocado foi reforma. Sei que estou sendo reconduzida à Presidência para fazer as grandes mudanças que a sociedade brasileira exige. Dentre as reformas, a primeira e mais importante deve ser a reforma política”, afirmou Dilma, ao lado de aliados políticos como o presidente do PT, Rui Falcão, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Um dos momentos mais simbólicos do ato foi quando a plateia interrompeu a fala da presidente com um grito de guerra clássico: “O povo não é bobo! Abaixo a Rede Globo!”. Os gritos foram ouvidos tanto na transmissão da Globo News como na da própria TV Globo. O refrão “o povo não é bobo” surgiu no Rio de Janeiro, em 1982, quando a Globo tentou tomar a eleição de Leonel Brizola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário