quinta-feira, 17 de julho de 2014

Sindipetro/Bahia Empossa Nova Diretoria

Solenidade lotou o auditório da entidade e contou com a presença de parlamentares, lideranças políticas e sindicais.
A nova diretoria do SINDIPETRO- BA foi empossada na noite desta quarta-feira (16) em uma cerimônia bastante disputada na sede do sindicato no Jardim Baiano, no bairro de Nazaré em Salvador. Petroleiros, dirigentes sindicais e parlamentares estiveram presentes ao evento que referendou Deyvid Bacelar como novo coordenador da entidade na Bahia.
Durante a transmissão do cargo ao novo dirigente, Paulo César lembrou a trajetória do Sindicado que completa 60 anos em 2014 e desejou sucesso à nova Diretoria. “Tenho o prazer de transferir a coordenação para o companheiro Deyvid, torcendo para que essa gestão que tem 65% de renovação possa fazer um bom trabalho, ampliando as conquistas alcançadas e conquistando novas vitórias”, desejou, ao se dizer realizado pelo trabalho desenvolvido durante os três anos e meio em que esteve à frente da coordenação do SINDIPETRO. “Durante a nossa gestão não deixamos de cumprir o nosso papel que é defender a nossa categoria. Isso me deixa muito realizado”, frisou.
Presidente da CUT Bahia, Cedro Silva, que é um dos membros da nova diretoria, destacou as qualidades técnicas do novo coordenador. “Deyvid é um jovem com muita força e competência e não é por acaso que ele assume hoje a coordenação deste sindicato que se confunde com a história de mudança do país e que tem tudo a ver com a história da Bahia”, afirmou.

O presidente CUTista lembrou que, por vezes, Bacelar chegou a pedir demissão da Petrobras, mas a partir da interferência dele e de outros companheiros a situação felizmente pode ser revertida. “Depois disso, o companheiro se encontrou no movimento sindical ao qual se entregou e tem feito um grandioso trabalho, e hoje assume a coordenação do SINDIPETRO-BA”, comemorou.
Cedro evidenciou também a força dos petroleiros ao lembrar que é o primeiro presidente da Central Única dos Trabalhadores oriundo da categoria e aproveitou para convidar os presentes para o aniversário da Central em agosto. “No dia 26 de agosto a CUT completa 31 anos de fundação. Vamos comemorar com uma grande festa com a participação do sambista, compositor e amigo, Nelson Rufino”, adiantou.

A adesão dos petroleiros e as conquistas adquiridas a partir da Constituição de 1988 foram lembradas pelo presidente de honra do SINDIPETRO, Astério Costa, que legitimou a posse dos novos dirigentes. “Nesse momento, não posso deixar de agradecer a toda categoria que aderiu a convocação em primeira chamada e se empenhou para o atingimento do quórum, evitando que fossem gastos mais e desnecessários recursos com uma nova convocação”. 

No primeiro discurso como coordenador do SINDIPETRO-BA, Deyvid Bacelar agradeceu o apoio que recebeu dos sindicatos, da categoria, dos parlamentares e dos movimentos sindicais. Eleito com mais de 2.500 votos para o triênio 2014-2017, Bacelar afirmou que não irá se refutar a cumprir os compromissos de campanha. 
“Essa diretoria foi eleita para ajudar a continuar a compor a história de vitória desse sindicato e não vamos medir esforços para garantir o equilíbrio financeiro, a transparência, independência e autonomia sindical. Os companheiros e companheiras que depositaram sua confiança nessa diretoria podem esperar uma gestão participativa e um sindicato mais cidadão”, afirmou o coordenador, garantindo que outros desafios como a defesa dos campos terrestres e a realização do plebiscito popular, compromissos de campanha; estarão na pauta da nova diretoria e serão cumpridos durante a gestão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário