terça-feira, 8 de julho de 2014

Plínio de Arruda Sampaio morre aos 83 anos em São Paulo

Morreu na tarde desta terça-feira (8), em São Paulo, o ex-deputado federal Plínio de Arruda Sampaio (PSOL). Diagnosticado com um câncer ósseo, o fundador do partido estava internado desde maio no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. Candidato do PSOL à Presidência da República nas eleições de 2010, em que obteve a quarta posição, o político de 83 anos militou na Juventude universitária Católica, em que foi presidente, e na Ação Popular, organização de esquerda nascida no seio da Igreja, entre outras entidades. Um dos primeiros cem parlamentares cassados na época do golpe civil-militar de 64, Plínio foi também promotor público e deputado constituinte. Atualmente, presidia a Associação Brasileira de Reforma Agrária (Abra), e dirigia o semanário Correio da Cidadania. Ex-petista, Sampaio deixou o Partido dos Trabalhadores em 2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário