quarta-feira, 16 de julho de 2014

Banco de Desenvolvimento do Brics terá sede na China e presidência da Índia

O novo Banco de Desenvolvimento do Brics teve sua sede definida para a capital da China, Xangai, de acordo com anúncio realizado nesta terça-feira (15) pela presidente Dilma Rousseff após uma reunião com os chefes de Estado dos países que compõem o bloco, em Fortaleza. Também foi decidido que o órgão será presidido pela Índia. O Brasil tinha interesse na presidência geral, mas cedeu para fechar o acordo para contentar todos os lados e permitir a assinatura da criação da entidade. Com isso, o país ocupará a primeira presidência do conselho de acionistas. A presidência do órgão é rotativa, a cada cinco anos. “O banco representa uma alternativa para as necessidades de financiamento de infraestrutura nos países em desenvolvimento, compreendendo e compensando a insuficiência de crédito das principais instituições financeiras internacionais”, disse Dilma. Durante o evento, ainda foi assinado um memorando de entendimento para cooperação entre agências seguradoras de crédito e um acordo para cooperação sobre inovação entre bancos de desenvolvimento dos países do bloco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário