domingo, 15 de junho de 2014

Itabuna : Trabalhadores da Nestlé anunciam GREVE para terça-feira (17)

Reunidos em assembleia quarta-feira (11), após uma paralisação de quatro horas, os funcionários da Nestlé, em Itabuna, decidiram que realizarão uma greve de 24 horas a partir de terça (17). O movimento, previsto para começar às 20 horas, é para pressionar a direção da empresa a retomar as negociações da campanha salarial.
Segundo o Coordenador de Políticas Sindicais do Sindalimentação, Eduardo Sodré, estão sendo oferecidos 7,5% de reajuste salarial; aumento de R$ 300,00 na PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e de R$ 40,00 no ticket-alimentação. Tais valores, lembra ele, são inferiores aos obtidos no ano passado. Afinal, em 2013, foi concedido reajuste de 8,5%; a PRL foi incrementada em R$ 400,00 e o ticket, em R$ 60,00.

"Nós reivindicamos 9% de reajuste, o que elevaria o piso salarial para R$ 1.150, e que pelo menos mantenham o incremento do ano passado na PLR e no ticket. Uma das indignações dos trabalhadores é que a empresa está patrocinando a Copa do Mundo. Segundo informações, a um custo de 300 milhões de reais", afirmou o líder sindical.
A unidade da Nestlé em Itabuna tem 373 funcionários. Por determinação judicial, durante a greve 30% desse efetivo estarão em atividade. Sodré acrescenta, ainda, a revolta do Sindalimentação diante de pressões que a gestão da empresa estaria fazendo, para impedir a paralisação.
"Nessa sexta-feira, a empresa reuniu os trabalhadores pressionando pra fazer um abaixoassinado pra não realizar a greve. É um tipo de assédio moral; estou tornando público pra mostrar a forma antidemocrática como eles estão tratando o movimento", alfinetou. Informações : Diaria da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário