quinta-feira, 3 de abril de 2014

Feira de Santana : Terror Psicologico promovido pela Empresa Adinor leva trabalhadores e sindicato aprovarem paralisação

Na manhã desta quinta-feira (03), a direção do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins do Estado da Bahia - SINDALIMENTAÇÃO/Bahia esteve frente a fábrica da Adinor para realizar uma assembléia ampliada com os trabalhadores.
Logo às 05:30 da manhã o sindicato já estava frente a fábrica que fica localizada no município de Feira de Santana , Centro Industrial - Tomba. 
De acordo com as informações dos Sindicalistas, a assembleia teve o objetivo de manifestação e protestos por a empresa está praticando uma séries de "Terrores Psicologicos" com seus empregados.

Durante a assembleia que teve adesão dos trabalhadores , o sindicato informou mais uma sobre as eleições de um dos empregados da empresa como representante da categoria e, notificou verbalmente a Adinor para acabar com as praticas terroristas, práticas ante sindicais e práticas de ameaças e assédios morais.
Os sindicalistas lembraram aos trabalhadores os exemplos de outras fábricas do ramos de alimentação que assediavam seus empregados e, informou ainda que a ação firme e combativa do sindalimentação tem coibido essas práticas assediosas que muitas empresas fazem com seus empregados.

Durante a assembléia , um ex trabalhador da rações LUPUS , avistou o Sindicato e  mandou seu recado pedindo aos trabalhadores para continuar na luta junto com o sindicato . "Lá onde eu trabalhava as coisas não eram boas; lá agente sofria muito e, tudo que temos hoje foi por conta da luta do sindicato junto com os trabalhadores que entenderam a mensagem e ficaram do lado certo que é do sindicato" Comenta o Trabalhador. "Para isso, precisamos ser sócio do sindicato por que lá 90% dos trabalhadores são filiados e isso ajuda na luta dos trabalhadores" Finaliza
" Estamos só alertando e aprovando em assembleia um dos caminhos que vamos percorrer a partir de agora; vamos escrever melhor nossa história de luta dos trabalhadores da Adinor; Está na hora de dá uma basta nesta situação de perseguissão, assédios, ameaças e humilhação" Comenta Derlan Queiroz. " Estamos fazendo essa assembléia e vamos a DRT informar ao fiscal que esteve aqui que a empresa colocou para funcionar os maquinários que foram lacrados pelo orgão; se quando acabar essa ativiade houver alguma reunião para realizar ameças, demissões e coação aos trabalhadores, avisem que retornaremos aqui para engrossar o caldo e responder a altura; para cada ação haverá uma reação" Finaliza Derlan Queiroz.

Na assembleia , durante todas falas , os sindicalistas mostraram-se indignados pelo companheiros Denys que foi demitido por expressão apoio a candidatura do colega de trabalho Gutemberg Faustino a representante da categoria. Além de demitir o empregado Denys a empresa ainda ameaçou outros trabalhadores de demissão. O Sindicato , além das denuncias feitas na DRT e do MPT, no último dia 31 protocolou outro documento no Ministério Públicodo Trabalho relatando as antigas a atuais praticas da empresa, bem como a recente demissão de Denys.

Nenhum comentário:

Postar um comentário