quinta-feira, 10 de abril de 2014

CUT toma as ruas de São Paulo na Oitava Marcha da Classe Trabalhadora

Nesta quarta-feira(09) a Central Única dos Trabalhadores -CUT, esteve com seus sindicatos filiados marcando forte presença na Oitava Marcha da Classe Trabalhadora que aconteceu em São Paulo -SP. 
Assim que chegaram na capital Paulista, os dirigentes foram recepcionados na quadra do Sindicato dos Bancários e logo depois reuniram-se em uma grande concentração na Praça da Sé.
Protagonista nas lutas históricas da classe trabalhadora, desta vez a CUT não foi diferente. Mostrando sua força como a maior Central do País e da América Latina, outras Centrais somaram - se a CUT e juntas, marcharam para a Luta Unificada percorrendo as principais ruas da Capital Paulista totalizando mais de 50 mil dirigentes sindicais de todo o País. 
Saindo da concentração na Praça da Sé, os sindicalistas percorreram pela rua Senador Feijó, passando pela Praça Dr João Mendes, Viaduto Brigadeiro Luís Antônio, Av Vinte e Três de Maio, Viaduto Armando Puglisi e encerrando a ATO na Avenida Paulista frente a FIEB.
 Durante todo o percurso os sindicalistas pautaram as Bandeiras de Lutas Históricas dos Trabalhadores : 1 ) Redução da Jornada de Trabalho para 40 horas;2) Fim do fator Previdenciario;3) Defesa da Politica de Valorização do Salário Mínimo;4) Contra a PL 4330, da terceirização;5) Correção da Tebela do Imposto de Renda

Dentre outras pautas a exemplo da Reforma Agrária, Verdade e Reparação dos Crimes da Ditadura Militar, Plebiscito para a Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Politico, Igualdade e Oportunidade para Homens e Mulheres, Democratização dos Meio de Comunicação , 10% do PIB para Educação, 10% doOrçamento da União à Saúde e em defesa das Convenções 151 e 158 da OIT.


Nenhum comentário:

Postar um comentário