segunda-feira, 31 de março de 2014

Pepsico do Brasil : Sindicato apura excesso na Jornada de Trabalho, Assédio Moral e Práticas Anti Sindicais

Desde o final do ano passado que a direção do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins do Estado da Bahia - SINDALIMENTAÇÃO/Bahia vêem recebendo denuncias de excesso na jornada de trabalho, prática anti sindical e assédio moral praticados pela direção da Pepsico do Brasil. A Multinacional fica localizada na BR 324 - CIS Subaé na cidade de Feira de Santana.
" Estamos apurando as denúncias e não vamos ficar parados diante das atrocidades que vêem acontecendo comos trabalhadores aqui da Bahia; o assédio e a pratica está já visivel desde o ano passado quando a empresa realizou reuniões internas a fim de tentar dismobilizar os trabalhadores; não obtendo sucesso, a empresa criou um factóide entrando da Justiça do Trabalho solicitando interdito proibitório no momento que estavamos simplesmente realizando assembléias com os trabalhadores" Comenta Derlan Queiroz (Dirigente do Sindalimentação/Bahia e Coordenador da CUT Regional Portal do Sertão). "
Não satisfeita, a empresa tentou intimidar os trabalhadores e o sindicato quando, em uma simples assembléia informativa chamou força POLICIAL para frente da fábrica" Finaliza Queiroz.
As denúncias se acirraram agora no final do mês de março de 2014 quando o sindicato começa a receber várias denúncias de assédio, prática anti sindical e excesso na jornada de trabalho. Este último se consolida qunado a empresa realizada mais de 15 afastamentos(rescisões) e sobrecarrega ainda mais quem ficou na fábrica.
" O sindicato vai apurar o mais rápido possível e já denunciou nos orgãos de fiscalização competente" . Pontua o Sindicalista

Nenhum comentário:

Postar um comentário