domingo, 9 de março de 2014

Governador Mangabeira : " Precariedade, Falta de Fardamentos e EPI's deixam servidores expostos a contrair graves doenças" Afirma Derlan Queiroz

Derlan Queiroz entregando fardamento em 16 de dezembro de 2011
"Fardamentos e Café da Manhã os Servidores só tiveram enquanto eu estava lá; isso é o mínimo que a gestão poderia fazer; eu quem sei a briga que precisou acontecer para cumprir algo que é de direito do trabalhador" denuncia Derlan Queiroz
Na manhã deste domingo (09), tivemos a grande satisfação em receber em nossa residência alguns servidores do municipio de Governador Mangabeira. Depois de uma boa conversa onde colocamos os papos em dia, os servidores relembraram da amarga vida sofrida no dia
Terceiros com Salários Atrasados
a dia de trabalho. Além de não serem tratados com dignidade e respeito, eles lamentam o precário salário e a falta de pagamento de horas extras.     " Eu ainda sou efetivo e recebo salário mínimo; olha ela(a) ai (apontando para um(a) colega) que trabalha igual a nós e está com mais de dois meses atrasados e recebe de uma empresa menos de um salário" Comenta o trabalhador que não quis se identificar com medo de retaliação.
De acordo com os Servidores, o Sindicato que diz que representa a categoria parace que defende os interesses da Prefeitura Municipal. " Falei com ela uam vez e ela disse na frenet de todo mundo que come no prato da prefeita mesmo" Comenta um servidor . 
Motoristas com salários defasados desde 2009 
" No caso dos motoristas, no inicio da gestão da prefeita no ano de 2009, agente recebia R$ 700,00 quando o salario minimo era R$ 415,00. Daí, o minimo foi depois para R$ 465,00 , depois para R$ 510,00, depois para R$ 545,00, depois para R$ 622,00 , depois para R$ 678,00 e agora por último para R$ 724,00; então, os motoristas ficaram com salários defasados de 2009 até agora 2014; nós não queremos desfazer de nossos colgas GARIS mas, recebíamos quase o dobro por dirigir e agora vamos ganhar o mesmo; eu pergunto: Onde está a prefeitura e o sindicato que não resolve nossa situação" Desabafam os servidores.
Precarização no local de trabalho é a realidade vivida pelos servidores
"Durante a conversa os trabalhadores deixaram suas reivindicações para pedir apoio a Central Única dos Trabalhadores - CUT/BA, aos Vereadores do Municipio e, se caso for necessário aos orgãos de fiscalização com SRT e MPT para tentar realizar fiscalizações a fim de resolver algumas pendencias irregulares que são praticadas pela administração local" Comenta Derlan Queiroz ( Sindicalista e 1º Suplente de Vereador do PT de Governador Mangabeira/Bahia).
Os servidores realatam que vivem uma situação precária na execução dos serviços no dia a dia de trabalho e que não tem benefício nenhum senão o salário que em algumas vezes criam situação para cortar dia do trabalhador. 

A importância da UNIÃO dos Trabalhadores 
Na opotunidade os trabalhadores apresentaram alguns pontos de sua PAUTA DE REIVINDICAÇÃO:
I - Café da manhã gratuito no valor de R$ 5,00 (cinco reais) ;
II - Insalubridade ;
III - Periculosidade;
IV - Protetor Solar ;
V - Cesta Básica no valor de R$ 100,00 mensal;
VI - Adicional por tempo de serviços ;
VII - Plano de Saúde gratuito .;
VIII - Plano Odontologico;
IX - Horas Extras Extraordinárias 
      a) De segunda a sexta 80%
      b) Sábado, domingo , dobras, feriados   100%
X - Fardamento sendo fornecido 02 a cada seis meses;
XI -Equipamento de Proteção Individual;
XII - Flexibilidade na mudança de horário para estudar em Cursinho, Universidade, Curso Técnico;
XIII - Convênio com Farmácia;
XIV - Convênio com Livraria e Papelaria;
XV - Plano de Carreira dos Servidores  .

Nenhum comentário:

Postar um comentário