segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

OMS diz que casos de câncer devem crescer 50% em duas décadas

Relatório da agência da Organização Mundial da Saúde (OMS) que faz pesquisa na área de câncer advertiu para a possibilidade de 22 milhões de novos casos da doença a cada ano nas próximas duas décadas. Divulgada nesta segunda-feira (3) pela Agência Internacional para Pesquisas de Câncer (Iarc, pela sigla em inglês), a pesquisa informa que em 2012 houve 14 milhões de novos casos, mas esses números podem subir significativamente neste ano. São apontados como fatores principais, o envelhecimento da população mundial e o aumento dos casos em países em desenvolvimento. Segundo a Iarc, sediada em Lyon, mais de 60% dos casos foram registrados na África, Ásia e nas Américas Central e Sul. A mesma agência da OMS diz ainda que em 2012 os tipos de câncer que mais mataram foram os de pulmão, fígado e estômago. A orientação da OMS é que os países com maior incidência de cânceres estudem a adoção de leis mais fortes que encorajem estilos de vida mais saudáveis, com medidas para conter o consumo de álcool e de bebidas açucaradas. Informações da Agência Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário