terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Salvador tem 607 mil favelados, maior número entre as capitais brasileiras

Dados divulgados nesta segunda-feira (2) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apontam que Salvador é a capital brasileira com maior número de moradores de favelas. De acordo com a pesquisa "Cidades em Movimento: Desafios e Políticas Públicas", que compara dados do Censo de 2000 e 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 607 mil pessoas vivem nos chamados aglomerados subnormais na capital baiana. Atrás, aparecem Recife (564 mil), São Paulo (409 mil), Belém (403 mil) e Rio de Janeiro (340 mil). Segundo informações do Correio, o Ipea reclassificou os dados de pesquisas anteriores, ao diferenciar áreas em que houve a conversão total e parcial para subnormalidade.
Sem a reclassificação, o estudo apontaria crescimento de 74% da população em favelas no país – de 6,5 milhões, em 2000, para 11,4 milhões em 2010 –, o que destoaria do crescimento populacional, de 17%. Com a nova metodologia, estima-se que, na verdade, a população que vivia em favelas no Brasil era de 10,6 milhões em 2000, o que significa um crescimento de 6,7% para o período pesquisado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário