quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Rio: Jovem é baleado durante protestos desta terça

Uma pessoa deu entrada, na noite de terça-feira (15), em uma clínica na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro, ferida a bala. Segundo a unidade, o jovem disse ter sido atingido durante protesto dos professores no Centro da capital fluminense. A vítima, que até as 6h50 não havia tido a identidade revelada, passou por uma cirurgia e passa bem. A passeata, que começou pacífica, reuniu 10 mil professores. Durante o ato, um grupo de ativistas mascarados entrou em confronto com policiais militares que estavam na região da Cinelândia e nas ruas do entorno da Câmara Municipal, depois que a passeata já havia acabado. Mais de 200 manifestantes foram encaminhados para delegacias da região e o acampamento "Ocupa Câmara" foi desfeito pela PM. Segundo o G1, em um dos momentos de maior tensão, um grupo de oito policiais militares do Batalhão do Choque ficou cercado por ativistas, protegidos por escudos e lançando bombas de gás. Um ativista foi atingido por uma bomba de gás e caiu. Os mascarados jogaram pedras na direção dos policiais. Um carro da Polícia Militar foi incendiado no bairro da Glória, vizinho ao Centro

Nenhum comentário:

Postar um comentário