quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Manter carro popular pode custar até R$ 830 por mês; Saiba quais são os mais caros

Arcar com os custos de impostos, seguro, revisões, combustível e manutenção de um carro popular pode pesar, mensalmente, em até R$ 830 no bolso dos consumidores brasileiros. Pelo menos é o que indica um estudo divulgado nesta terça-feira (17), pela Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), que considerou os gastos necessários para preservar os dez carros mais vendidos no país no primeiro trimestre de 2013. Para produzir o levantamento, a instituição considerou veículos com cerca de 15 mil km percorridos ao ano. Todas as despesas referentes aos primeiros 36 meses de uso foram somadas e divididas para chegar à média final. De acordo com os resultados, o modelo Volkswagen Fox (1.0, flex, 2P) é o grande campeão em alto custo mensal. Para mantê-lo, é preciso desembolsar aproximadamente R$ 830,47 a cada 30 dias. Em segundo lugar, o Fiat Siena (1.0, flex, 4P) demanda um gasto de R$ 830,33, seguido do Chevrolet Onix LS (1.0, flex, 4P), R$ 827,69. “Nós buscamos chamar a atenção sobre os aspectos que devem ser considerados antes da compra. Se somarmos a desvalorização e os gastos com combustível, revisão e outros itens, dá para comprar um carro novo em três anos”, explicou Dino Lameira, técnico da Proteste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário