quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Chiclete e blocos acumulam dívidas trabalhistas e tributárias, além de disputas judiciais

Quem vê o Chiclete com Banana tocar, a alegria no palco, o luxo do cantor Bell Marques e dos sócios da banda, não imagina o imbróglio que envolve o grupo. Informações que circulam na imprensa dão conta de um rombo de aproximadamente R$ 30 milhões que envolvem dívidas trabalhistas e tributárias. O nome Chiclete com Banana passou por uma série de disputas, como pode ser comprovado através de acesso ao site Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi). A principal delas – com uma editora – permanece. 
O Camarote do Nana, por sua vez, pertence à CL Participações e Licenciamentos, cujo endereço é justamente o da antiga sede do Camaleão, no Aeroclube, em Salvador. O Bahia Notícias apura se a propriedade da CL Participações é de Dolfo Nery, Quinho Nery e Tinho Albuquerque, sócios da Central do Carnaval, que podem ditar os rumos do Chicletão a partir de agora. No meio de toda essa confusão, Bell Marques vai seguir carreira solo e o Chiclete terá Rafa Chaves, atual Via Circular, como novo vocalista. Informações : Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário