sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Bahia gera 39 mil empregos e permanece líder no Nordeste

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta sexta-feira (20) apontam que a Bahia gerou 39,2 mil novas vagas entre janeiro e agosto deste ano e permanece na primeira posição em geração de empregos formais no Nordeste. O estado aparece à frente do Ceará, que criou 24,4 mil postos, e do Piauí, com quase 9 mil vagas. Em agosto, o estado teve saldo positivo de quase 4 mil postos de trabalho formais – número 0,2% superior ao estoque de julho – com destaque para os setores do comércio, serviços e construção civil. Nos oito primeiros meses de 2013, o interior baiano registrou saldo de 28,7 mil novos empregos formais, ante os 10,5 mil contabilizados na Região Metropolitana de Salvador.
Entre os municípios da Bahia, registraram os melhores desempenhos as cidades de Salvador, com 2,7 mil novos postos; Casa Nova, com 747; Juazeiro, com 495; e Camaçari, com 441. Em todo o Brasil, a geração de empregos com carteira assinada cresceu 26% em agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário