quarta-feira, 17 de julho de 2013

Lula diz que PT precisa se renovar e retomar diálogo com movimentos sociais

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o PT precisa de renovação e, também, retomar a comunicação com os movimentos sociais, após a onda de protestos que ocorreu em junho em todo o país. "É preciso recuperar as ligações diárias com os movimentos sociais e oferecer novas soluções para os novos problemas", escreveu o petista, nesta terça-feira (17), em sua coluna mensal na agência de notícias do jornal "The New York Times". Lula também disse que discorda dos analistas que atribuem a recente onda de protestos no Brasil a uma rejeição à política. "Eu acho que é precisamente o oposto: eles [manifestantes] refletem um esforço para aumentar o alcance da democracia, para incentivar as pessoas a participar mais plenamente", anotou. O ex-presidente disse ainda que as manifestações são em grande parte resultado das implantações de medidas sociais, econômicas e políticas no país. "Na última década, o Brasil dobrou o número de estudantes universitários, muitos de famílias pobres e houve redução drástica da pobreza e da desigualdade", opinou.
O político também destacou que a juventude de hoje não viveu a repressão da ditadura militar, o aumento da inflação na década de 80 e o desemprego que assolou o país até os anos 90. “Eles querem a melhoria da qualidade dos serviços públicos. Milhões de brasileiros, incluindo os da classe média emergente, comprou seu primeiro carro e começaram a viajar de avião. Agora, o transporte público deve ser eficiente, tornando a vida nas grandes cidades menos difícil”, avaliou. Lula destacou o uso das redes sociais durante a onda de protestos pelo país e disse que os jovens querem ser ouvidos. O ex-presidente afirmou que é "necessário pensar em novas formas de participação politica e que as instituições devem usar as novas tecnologias como forma de promover o diálogo com a sociedade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário