quarta-feira, 17 de julho de 2013

Câncer de estômago atinge homens na maioria; 65% têm mais de 50 anos

Dores abdominais, queimação no estômago, enjoos e vômitos são causas associadas ao câncer de estômago, enfermidade que aponta em quinto lugar no ranking de incidência de tumores malignos no país, e o segundo em mortalidade entre os brasileiros. De acordo com Instituto Nacional do Câncer, em 2012, foram registrados 20,1 mil novos casos, sendo 12,7 mil em homens e 7,4 mil em mulheres. O diagnóstico tardio também afeta a piora do quadro e a consolidação da doença que acomete na maioria homens, com 65% dos pacientes com mais de 50 anos. A bactéria Helicobacter-pylori, conhecida como H. pylori e encontrada em água de consumo de má qualidade e alimentos contaminados, figura também entre as causas do câncer de estômago que aparece principalmente em três tipos: adenocarcinoma, responsável por 95% dos tumores; linfoma, diagnosticado em cerca de 3% dos casos; e leiomiossarcoma, que começa nos tecidos que dão origem a músculos e ossos.
Para a prevenção, é recomendado fazer dieta balanceada com vegetais crus, frutas cítricas e alimentos ricos em fibras. Cigarro e bebidas alcoólicas também devem ser evitados. O diagnóstico é feito através de endoscopia digestiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário