quarta-feira, 5 de junho de 2013

Rodoviários decretam greve nesta quarta; paralisação pode ter início 72h depois

Com as negociações já desgastadas, após dez rodadas de reuniões e duas assembleias nas portas das garagens, o presidente do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, Hélio Ferreira, em entrevista ao Bahia Notícias, disse que nesta quarta-feira (5) a categoria se reunirá na sede Sindicato dos Eletricitários do Estado da Bahia (Sinergia), às 9h e às 15h, para declarar greve e decidir quais serão os dias da paralisação. Segundo o dirigente, o ato só pode acontecer após 72h do anúncio. “Toda a categoria está unida pela paralisação. Será uma das maiores greves de Salvador e do estado da Bahia”, disse o sindicalista. Para Catarino Fernandes, diretor administrativo da entidade de classe, o principal motivo da decisão foi o travamento da mesa de negociação entre a categoria e o patronato.
Quando questionado sobre a decisão judicial que determina 80% dos funcionários na rua em dia de assembleia, Fernandes disse que “determinação judicial é para ser cumprida”, mas “se o trabalhador não quiser sair, nós não vamos pegar pelo braço e colocar na rua”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário