quarta-feira, 5 de junho de 2013

Justiça afasta prefeito de Caravelas

O prefeito de Caravelas, Jadson Ruas, foi afastado do cargo por 180 dias pela juíza da comarca da cidade, Nêmora de Lima Jansen. Também estarão fora de seus postos pelo mesmo prazo o secretário de Turismo e Esportes, Fábio Negrão Ribeiro de Souza, a tesoureira municipal Lucimeire Soares Reis e o procurador jurídico Welberson Silva de Souza. Todos são acusados de improbidade administrativa. De acordo com o site Teixeira Notícias, eles são suspeitos de envolvimento em um esquema que teria beneficiado a empresa Target Eventos para a realização de festas do verão e carnaval de 2013. Acredita-se que houve fraude no processo licitatório, cujo valor total foi de R$ 1.416.500. Após denúncia do Ministério Público, a magistrada entendeu que houve irregularidades, exclusividade, superfaturamento, licitação montada, falcatruas com envolvimento de funcionários públicos e até pregoeiro. O pagamento foi suspenso, sob pena de multa no valor de R$ 1,4 milhão aplicada a cada um dos envolvidos. Caso as ilegalidades sejam comprovadas, o gestor poderá perder o cargo. O prefeito pode recorrer da decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário