sexta-feira, 21 de junho de 2013

Em comunicado, Fifa nega ter discutido interrupção da Copa das Confederações

A Fifa emitiu um comunicado na manhã desta sexta-feira (21) em que descarta a possibilidade de cancelar a Copa das Confederações por conta das ondas de protestos pelo Brasil. “Nem a Fifa e nem o COL (Comitê Organizador Local) têm discutido a possibilidade”, foi o teor da nota. Desde a abertura do torneio, no dia 15 de junho em Brasília, houve manifestações próximas dos estádios e os confrontos entre protestantes e policiais em Salvador, Rio de Janeiro, Fortaleza e Belo Horizonte. De acordo com as autoridades, cerca de 20 mil pessoas participaram dos protestos na capital baiana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário