domingo, 19 de maio de 2013

Vitória é campeão Baiano de 2013


Com uma campanha impecável, o Vitória conquistou na tarde deste domingo (19) o título de campeão baiano de 2013. Na decisão contra o Bahia, o Rubro-negro poderia perder com até quatro gols de diferença, mas empatou o Tricolor em 1 a 1, conquistando o 27º título estadual de sua história. 
Melhor no inicio do jogo, o Vitória não quis saber da vantagem, partindo pra cima do Bahia. Aos 5 minutos o zagueiro Gabriel aproveitou bobeira da zaga do Tricolor, mas sozinho isolou a bola.  
Aos 12 minutos, Escudeiro quase marca um golaço. O meia recebeu passe de letra de Renato Cajá e chutou forte, mas a bola passou perto do gol de Omar. 
O primeiro gol do Vitória aconteceu aos 19 minutos. Nino Paraíba ganhou dividida de bola com Jussandro, entrou na área e chutou cruzado, mas no meio do caminho a bola encontrou Dinei, que só teve o trabalho de tocar para o fundo das redes de Omar.
 
Aos 35 minutos o Vitória voltou a assustar com Mansur. Após boa jogada pela direita, a bola sobrou para Dinei, que rolou para trás para o lateral, mas o chute passou por cima.
 O segundo tempo começou morno. A primeira oportunidade clara de gol saiu dos pés do atacante Marquinhos, do Bahia. O jogador recebeu passe, entrou na área e chutou forte, mas a bola passou à direita de Wilson.
 
Aos 21 minutos o Bahia empatou a partida. Após bobeira da zaga do Vitória, o atacante Fernandão acabou entrando livre na área, que sem dificuldades tirou de Wilson, igualando o marcador.
 
Com o apito final do árbitro Wilson Luiz Seneme, o Vitória comemorou junto com seu torcedor o 27º título Baiano, quebrando um jejum de dois anos sem conquistas.
 
Vitória 1 x 1 Bahia
Campeonato Baiano – Final
 
Vitória: Wilson, Nino, Victor Ramos, Gabriel e Mansur; Michel, Caceres (Neto Coruja), Renato Cajá e Escudero (Vander); Maxi (Marquinhos) e Dinei. Técnico: Caio Júnior
 
Bahia: Omar, Madson (Neto), Titi, Rafael Donato e Jussandro; Toró, Diones (Freddy Adu) e Helder; Ryder (Ítalo Melo), Marquinhos e Fernandão. Técnico: Chiquinho de Assis (interino). Informações Bocão News
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário