quarta-feira, 8 de maio de 2013

Soteropolitano com salário mínimo precisa trabalhar quase 90 horas por uma cesta básica


Com elevação de 23% no período entre maio de 2012 e abril de 2013, a cesta básica de Salvador passou a custar R$ 268,05. Com isso, o trabalhador da capital baiana que ganha em média um salário mínimo, que tem rendimento líquido de R$ 623,76, precisa “pegar no batente” por 86 horas e 59 minutos para adquirir os alimentos. Confira na tabela abaixo 



 Na comparação com as outras 18 cidades da pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a capital baiana ficou na 12ª colocação entre as que tiveram maior variação de preço da cesta básica nos últimos 12 meses. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário