quinta-feira, 2 de maio de 2013

"O reajuste proposto por Wagner é falta de respeito aos trabalhadores", Afirma Sindicalista


Na véspera do Dia do Trabalhador, 1º de maio, a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Bahia (Sindilimp-BA) demonstrou sua insatisfação com o anúncio do Governo do Estado do reajuste salarial de 2,5%  para os servidores estaduais.

Para o diretor-executivo do Sindilimp-BA e da Central Única dos Trabalhadores, Edson Araújo, é inadmissível que o governador Jaques Wagner, que tem sua história política ligada às causas sindicais, apresente uma proposta que representa menos da metade da inflação de 2012.
"É uma falta de respeito muito grande aos trabalhadores. Grande parte dos secretários de Wagner é formada por sindicalistas que, antes de assumir o governo, prometerem apoiar os trabalhadores e a classe operária. Esses 2,5%, menos da metade da inflação chega a ser um absurdo. Não é assim que se trata os trabalhadores.

O projeto de lei com o aumento da categoria foi enviado na noite da última segunda-feira (29) à Assembleia Legislativa da Bahia e deverá ser analisado em regime de urgência. Se passar pelo Parlamento sem problemas, o acréscimo já valerá para a folha de maio, paga no fim do mês. Informações Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário