domingo, 5 de maio de 2013

Ação CUTista impede Golpe nos trabalhadores da Construção Civil de Feira de Santana


Romildo (Candidato a Presidente - Chapa Oposição)
Depois de várias tentativas frutadas em GOLPEAR os trabalhadores da Construção Civil de Feira de Santana  por parte de alguns membros que compõem a intitulada " chapa de situação " , a Justiça do Trabalho imediatamente,  percebe as inumeras irregularidades e suspende o processo eleitoral que seria realizado nos dias 09 e 10 de maio de 2013.
Entenda o Caso:
Os membros que compõem a "chapa da situação", bastante desgastados na categoria pela falta de trabalho na base, temendo uma disputa por já reconhecer a força da oposição (CUT), orquestrou um golpe aos trabalhadores para impedir os mesmo de exercer a democracia e o direito de escolha da categoria da Construção Civil nas eleições sindicais.


Por conhecer essa turma da "chapa de situação”, de imediato, tentando evitar uma grande fraude e prezando a lisura das eleições, uma Ação CUTista foi deflagrada através de um Processo na Justiça do Trabalho de Feira de Santana onde a Oposição (CUT) , reclama sob a falta de transparência nas eleições no que se refere as questões de divulgação das eleições que, no mesmo processo , informa a Justiça do Trabalho que não houve divulgação no mural do Sindicato, bem como, não houve divulgação do Edital nos canteiros de obras das empresas e, também não foi colocado no boletim do Sindicato o Edital das Eleições para informar os interessados(categoria) sobre o Processo Eleitoral.

A audiência foi realizada no último dia 29 e, logo no dia 30 de abril de 2013 a Juíza do Trabalho Drª Clea Pimenta Bastos concede liminar suspendendo as eleições que seriam realizadas nos dias 09 e 10 de maio até o julgamento completo do processo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário