quinta-feira, 11 de abril de 2013

Mixto quente: Vitória leva virada e perde na Copa do Brasil


A goleada sobre o Bahia, no último domingo, parece não ter sido suficiente para embalar o Vitória na estreia da Copa do Brasil. Com uma atuação irreconhecível, o Rubro-Negro foi derrotado de virada por 2 a 1, pelo Mixto (MT), nesta quarta-feira (10), em Cuiabá.
Luis Alberto abriu o placar para o Leão, ainda no primeiro tempo. Soares Jr. e Odail viraram para o time mato-grossense no segundo tempo.
Com o resultado, o time baiano precisa de um triunfo simples por 1 a 0, na próxima terça-feira, para avançar na competição. Se passar pelo Mixto, o Vitória terá pela frente o vencedor de Salgueiro x Boa Esporte. No jogo de ida, o time pernambucano derrotou os mineiros, em casa, por 2 a 0.
Logo aos nove minutos de jogo, o Vitória chegou com perigo. Caceres cruzou bola na área, Dinei pegou de primeira e a bola foi desviada para escanteio.

Dois minutos depois, foi a vez de Edson Magal assustar. O volante arriscou chute de fora da área e exigiu boa defesa de André.

Dono do jogo nos primeiros minutos, o Rubro-Negro chegou ao gol aos 13. Escudero lançou bola na área, Luis Alberto subiu mais que a zaga e acertou o ângulo do goleiro adversário.

Porém, após o gol, o Leão se acomodou e passou a dar espaços ao Mixto. Aos 27, Gabriel falhou na marcação e abola sobrou para Robinho. O atacante chutou na área e Deola fez boa defesa.

Aos 29, a zaga do Vitória falhou mais uma vez. Maclei dominou livre e arriscou o chute. Deola fez mais uma grande defesa.

Aos 34, foi a vez de Geovane levar perigo ao Vitória. O meia chutou de fora de área e acertou o travessão.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Caio Jr. Fez a primeira mudança na equipe. Mansur deu lugar a Marcos.

Mas, quem chegou ao gol foi o time mato-grossense. Aos três minutos, Soares Jr. Aproveitou cobrança de falta e, de cabeça, balançou as redes.

A resposta do Vitória veio aos sete minutos. Marcos lançou bola na área, Maxi desviou de cabeça e André fez boa defesa.

Aos 15, Caio Jr. Mudou mais um. O paraguaio Caceres saiu para a entrada de Marquinhos. Aos 30, foi a vez de Vander entrar no lugar de Maxi.

Mas, quem chegou perto de marcar novamente foi o Mixto. Aos 35, após disputa d ebola na área, Gabriel Paulista salvou em cima da linha o que seria o gol da virada.

Um minuto depois, Odail cobrou falta de longe e contou com a ajuda de Deola, que pulou atrasado e aceitou o gol da virada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário