quinta-feira, 7 de março de 2013

Filha prestigia Renato Gaúcho no futevôlei e crê no bi do 'pai ciumento


Aos 18 anos, Carolina Portaluppi virou uma espécie de amuleto do pai Renato Gaúcho. Prestes a disputar o seu terceiro Mundialito de Futevôlei 4 por 4, o ex-jogador contará com a torcida da filha na competição, que acontece neste final de semana na Praia de Copacabana, no Rio. A julgar pelo último ano, Renato pode se animar com a possibilidade de conquistar o bicampeonato. Em 2012, Carol também prestigiou o pai, que terminou campeão com a seleção brasileira, vitioriosa em final diante do Paraguai.
 
Estou mais confiante do que no ano passado, até porque a quadra (equipe) dele de 2012 não estava tão boa. Esse ano ele é o favorito, a galera toda do futevôlei está comentando isso - afirmou Carol, que esteve em Ipanema nesta terça-feira acompanhando o treino de Renato.
 
Dona de uma ótima forma física, Carol Portaluppi revelou que vem sendo constantemente assediada para posar nua para revistas masculinas. Segundo a jovem, a situação tem incomodado bastante o ciumento Renato Gaúcho.
- Meu pai está louco, cada vez pior. Ontem (terça-feira), a Playboy me ligou pela terceira vez esse ano, então ele está maluco, muito ciumento, mais do que nunca. Eles ligam para fazer proposta, e isso o deixa muito irritado - contou.
Apesar do assédio, Carolina diz que não pensa em posar nua. A bela afirmou que também recebeu convites para atuar em novelas e na minissérie Malhação, da TV Globo.
 
- Eu não toparia posar nua, é uma coisa que eu não tenho vontade. Eu nunca digo nunca, mas posar nua não é algo que me agrada - resumiu.
Recém aprovada no vestibular - começará o seu curso em agosto na PUC-RJ -, Carol Portaluppi seguirá a carreira da mãe, a jornalista Carla Cavalcanti. Empolgada com a nova fase da vida, ela espera ter sucesso na profissão.
 
- Agora vai dar para ficar mais focada nos estudos, porque eu estava com outros compromissos, e minha vida vai tomar um rumo melhor a partir de agosto. A escolha da carreira teve um pouco de infulência da minha mãe, mas não de forma muito direta. Ela foi jornalista, apresentadora e repórter, então sempre convivi muito nesse meio - explicou.
 
Pelo terceiro ano consecutivo, o Rio recebe o Mundialito de Futevôlei 4x4. Participam do torneio oito seleções: Paraguai, Uruguai, Portugal, Espanha, Argentina, Itália, além dos dois selecionados do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário