domingo, 24 de março de 2013

Escândalo: juíza acusada de beneficiar prefeitas se envolve em mais denúncias


13 processos por improbidade adminstrativa acumulados. A juíza eleitoral, Jaciara Borges Ramos, que atua na Comarca de Candeias é mais uma vez alvo de denúncias que passam por ocultação de processos, além da subtração de peças e adulteração da numeração dos mesmos. Desta vez, o site Bocão Newsrecebeu uma denúncia que registra a magistrada agindo de forma arbitrária e passando por cima de legalidades.
Segundo a denúncia, o motorista particular da juíza  - que era funcionário do Fórum de Candeias, foi preso em flagrante pelo crime de uso de documentação falsa. Mas, a juíza Jaciara, de forma ilegal, assinou o alvará de soltura do funcionário, que fora detido na 20ª Delegacia Territorial. A Justiça salienta que um juiz não deve atuar em processos de conhecidos.
De acordo com a movimentação processual do site do Tribunal de Justiça da Bahia (ver foto abaixo) é possível constatar a participação da juíza eleitoral no caso. Conforme denúncia, o motorista, bem como a esposa dele, têm relações pessoais com Jaciara e trabalham para a magistrada há anos. A esposa do acusado seria a assessora pessoal de Jaciara.

Após a soltura do réu, a denúncia revela que Jaciara negou à Justiça que o conhecesse e disse não ter vínculo algum com o motorista. O motorista deixou de ir ao fórum após a ocorrência. Esta e outras denúncias começaram a vir à tona após acusação da Procuradoria Regional da República da 1ª Região (PRR1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário