terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Lula diz que Dilma precisa ouvir sindicatos

O ex-presidente Lula fez uma declaração neste domingo (3), nos Estados Unidos, que foi interpretada como um recado para a sua sucessora, Dilma Rousseff. Em discurso na conferência anual da UAW, a maior central sindical do setor automotivo americano, o petista afirmou que os governos precisam ouvir as entidades sindicais. “O presidente Obama têm de ouvir vocês, a Dilma tem de ouvir os sindicatos, e os argentinos...”, defendeu. Sindicalistas brasileiros têm reclamado que a presidente tem recebido empresários, mas dado pouca atenção a representantes do movimento sindical.
Devido às queixas, Dilma deve se reunir esta semana com o presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas. Lula ganhou o título de membro honorário do UAW e uma jaqueta. “Nunca me imaginei nem síndico, e acabei presidente”, afirmou. “Já disse à minha mulher: não vou morrer em casa, quero morrer no palanque”, completou. Informações da Folha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário