sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Empresa que controla Parmalat pede recuperação para não ir a falência

A Lácteos Brasil (LBR), administradora da Parmalat e de outras nove marcas de laticínios brasileiros, pediu recuperação judicial para evitar a falência, nesta sexta-feira (15).  A intenção é permitir que a empresa possa se recuperar financeiramente ao apresentar proposta de quitação com os credores em juízo. A LBR foi criada em 2010, a partir da fusão das empresas Bom Gosto e LeitBom, e se transformou no maior fabricante de laticínios do país. No ano a fusão obteve um investimento de mais de R$ 2 bilhões incluindo recursos do BNDES, da GP Investments, e acionistas do fundo Laep que controla a marca Parmalat no Brasil. Citando urgência em obter recursos diante da situação financeira da sociedade, a Laep aprovou uma emissão de ações no final de janeiro.
O fundo também havia alertado sobre a possibilidade de ficar com o patrimônio líquido negativo se o BNDES reduzisse a avaliação da LBR. Entre as marcas controladas pela LBR estão também a Poços de Caldas, Bom Gosto, Líder, LeitBom e Ibituruna. Informações Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário