terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Deputado Lúcio Vieira Lima faz repasses para empresas fantasmas, diz Veja

O deputado federal baiano Lúcio Vieira Lima (PMDB) destinou R$ 110,7 mil da sua verba indenizatória para empresas fantasmas, de acordo com uma reportagem da revista Veja veiculada nesta segunda-feira (14). Segundo a publicação, o peemedebista contratou as empresas Global Transportes e Executiva, ambas registradas em nome de laranjas. O correligionário Henrique Eduardo Alves (RN), candidato a presidente da Câmara, também teria repassado mensalmente recursos públicos para companhias de fachada, ligadas a um ex-assessor do partido. A revista aponta que Alves paga R$ 8,3 mil por mês de verba indenizatória a uma empresa fantasma que, no papel, aluga carros executivos a serviço do gabinete do deputado.
Após a reportagem, Alves afirmou que vai investigar as irregularidades. Desde 2011, quando assumiu o mandato, Vieira Lima repassou R$ 64,9 mil à Global e 45,8 à Executiva. A matéria diz que por trás das duas empresas está César Cunha, conhecido ex-assessor do PMDB. O parlamentar baiano afirmou que Cunha foi motorista do seu irmão, Geddel Vieira Lima, atual vice-pesidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal. O peemedebista conta que a situação legal da empresa contratada por ele não é de sua responsabilidade: "Ele apresenta a nota eu dou à Câmara. Cabe à Câmara analisar. Para mim, ela presta o serviço, o carro está sempre à minha disposição", disse Lúcio Vieira que afirmou dar continuidade ao contrato. "Vou continuar alugando da Global, a não ser que a Câmara informe que essa empresa não está mais autorizada", prometeu.Informações Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário