quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Brasil pode contestar barreiras à carne do país

O governo brasileiro pode contestar na Organização Mundial do Comércio (OMC) as barreiras impostas à carne bovina brasileira por alguns países. A informação é da secretária do Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Tatiana Prazeres. Ela reafirmou hoje a posição de autoridades do Ministério da Agricultura, que deram prazo até março para a suspensão dos embargos, considerados injustificáveis. "Quem define os padrões sanitários é a Organização Mundial de Saúde Animal, que mantém desde o ano passado o risco insignificante para as exportações brasileiras", afirmou. Segundo Prazeres, China, Japão, África do Sul, Arábia Saudita, Chile e Jordânia adotaram barreiras contra a carne do Brasil desde que um caso de mal da vaca louca foi anunciado no início de dezembro. Com informações da Agência Reuters.

Nenhum comentário:

Postar um comentário