sábado, 1 de dezembro de 2012

Mulheres fazem protesto contra show da banda New Hit em Feira de Santana


A poucas horas do polêmico show do grupo de pagode New Hit em Feira de Santana, na casa de show Feira Music Hall, um grupo de cerca de 15 feministas de diversos coletivos sociais protestaram na tarde desta sexta-feira (30) contra a apresentação da banda no município. 
Além dos gritos de protesto, a mobilização, que ocorreu na Avenida Getúlio Vargas, pretende cancelar o show da banda. Os integrantes do grupo de pagode New Hit são acusados de estuprar duas adolescentes, uma de 16 e outra de 17 anos, após um show na cidade de Ruy Barbosa.  
Os nove pagodeiros passaram trinta e oito dias presos no Conjunto Penal de Feira de Santana e respondem em liberdade por estupro e formação de quadrilha.
A representante do movimento Marcha Mundial das Mulheres, a estudante Karla Oliveira, 18, disse que a apresentação da banda na cidade é um desrespeito as mulheres. “Eles são estupradores, violentaram duas menores, assim como podem violentar outras mulheres. Não vamos deixar isso à toa. Estamos revoltadas. A culpa é de quem? Das garotas?”, criticou a militante.
Para Solange Guerra, do Coletivo de Mulheres de Feira de Santana, o movimento feminista não aceitará nenhum tipo de violência nem atitudes machistas contra mulheres. “Querem fazer da nossa cidade um curral de estupradores. Estamos pedindo que a sociedade não aceite que essas coisas entrem em nossas casas e façam parte do nosso cotidiano. Eles violentaram mulheres em seu inicio de vida. As prisioneiras são as mulheres estupradas. Eles estão em liberdade”, criticou. 
O protesto foi pacífico e não necessitou de intervenção da Polícia Militar nem de autoridade de trânsito no local.Informações: Bom Dia Feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário