sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Missa marca 20 anos de morte de Daniella Perez


Nesta sexta-feira (28) data que marca o vigésimo ano de morte da atriz Daniella Perez, morta 1992 a tesouradas, acontece uma missa organizada por familiares e amigos. A garota é filha da famosa novelista, Glória Perez.

A cerimônia está marcada para as 19h, na paróquia da Ressurreição, rua Francisco Otaviano, 99, em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro. Daniella morreu aos 22 anos, quando vivia a personagem Yasmin na novela Corpo e Alma, escrita pela mãe Glória Perez. O também ator Guilherme de Pádua e sua mulher à época, Paula Thomaz, confessaram o crime cometido com golpes de tesoura. O corpo foi encontrado em um matagal na Barra da Tijuca, zona oeste.

Em 1997, Pádua foi condenado a 19 anos de prisão. Já Paula foi condenada a 18 anos e meio. O casal cumpriu parte da pena. Os dois foram beneficiados por indulto por bom comportamento. Hoje, perante a Justiça, são considerados sem antecedentes criminais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário