quarta-feira, 25 de julho de 2012

METALURGICOS DE CAMACARI: CLIMA ESQUENTA ENTRE SINDICATO E EMPRESÁRIOS

Uma confusão durante assembleia realizada pelo sindicato dos metalúrgicos da Bahia, na cidade de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, por pouco não terminou em tragédia, na manhã desta quarta-feira (25).
"Estamos pedindo a cesta básica. Na assembleia - que é um direito do trabalhador - feita na frente da Fixar, liberamos os funcionários para entrarem na empresa, quando o segurança tentou impedir atirando para cima. Um absurdo", relatou à equipe do Bocão News, o diretor do sindicato dos metalúrgicos, Hudson Douglas.
"Foi só baderna. Já demos 8,5% de aumento e jamais iríamos impedir a entrada dos funcionários, até porque, é um direito deles. Quando um dos colaboradores foi tentar entrar, o sindicato o impediu agredindo-o e, tentando apartar, o segurança deu um tiro para cima. Eles pareciam uns hullygans", afirmou o diretor da Fixar Industrial, Amaury Rocha.
O embate, que durou cerca de duas horas, teve a presença da polícia e os ânimos alterados. "Vou processar a empresa por intransigência", disse Douglas. Já Rocha, declarou: "Eles só querem é bagunça".
Fonte: Bocão News

Nenhum comentário:

Postar um comentário