domingo, 24 de junho de 2012

HOMENS SEDENTÁRIOS SÃO MAIS PROPENSOS A SOFRER DE IMPOTÊNCIA SEXUAL, APONTA PESQUISA

Os homens sedentários estão mais propensos a sofrer de impotência sexual, segundo pesquisa divulgada na última sexta-feira (22) pela Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo. O levantamento feito com pacientes do Centro de Referência da Saúde do Homem indicaram que, em 90% dos casos de incidência da doença, os homens apresentavam uma vida sedentária. A unidade de saúde atende a cerca de 300 pacientes ao mês com disfunção sexual.
Para ter uma ereção, o homem usa o toque, a visão, a memória e os pensamentos. De outro lado, o sedentarismo gera hipertensão arterial sistêmica, colesterol e triglicerídeos altos. Esses são fatores de riscos para doenças cardiovasculares, que por sua vez formam as principais causas orgânicas da disfunção erétil, tornando os vasos sanguíneos mais rígidos e dificultando a vasodilatação no pênis.
Além disso, o acúmulo de peso e gordura na região abdominal reduzem a produção de testosterona, o hormônio masculino importante para o desempenho sexual. O uso de cigarro também foi apontado pela pesquisa como uma das causas do problema: 40% dos pacientes com a disfunção eram fumantes

Nenhum comentário:

Postar um comentário