terça-feira, 27 de março de 2012

SECA PREOCUPA AUTORIDADES BAIANAS

A seca que vêem assolando quase 200 municipios baianos está preocupando as autoridades que estão nas estruturas administrativas do Estado da Bahia.
No pequeno municipio baiano de Governador Mangabeira, o Engenheiro Ambiental e atual Secretário de Meio Ambiente, Derlan Queiroz tem se desdobrado junto com a Prefeita Domingas da Paixão para tentar minimizar os impactos da seca sofridos pela população rural do municipio. Através do Agua para Todos o municipio já consegui equacionar alguns problemas levando água encanada para 65% da população que sofria com a falta d'agua. A preocupação não é diferente com o Governador da Bahia. Jaques Wagner comenta sobre os efeitos da longa estiagem nos municípios baiano e cita o apoio do governo federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, inclusive a assinatura de convênios com o ministro Fernando Bezerra destinando quase R$ 220 milhões para reforçar os projetos contra a seca nas regiões. Ele enfatiza que a estiagem vem se configurando como a mais dura dos últimos 40 anos e tem causado problemas muitos graves.

“É preciso esclarecer à população que a seca não é só deste ano e se prorroga por três anos consecutivos”, afirma Wagner, acrescentando que nos últimos anos o governo estadual vem enfrentado o problema com medidas importantes como a construção das Adutora do Algodão, para levar água do Rio São Francisco para a região de Guanambi, e da Adutora do São Francisco, saindo do município de Xique-Xique para Irecê.
“Estamos tratando também a adutora de Pedras Altas, de Ponto Alto, para ampliar o abastecimento mais seguros a diversos municípios, beneficiando várias regiões, inclusive a agricultura familiar, que ainda perdeu plantações devido à seca”.
Obras estruturantes - O governador informa também que está pagando R$ 40 milhões a 67 mil famílias que tiveram a produção frustrada nas duas safras anteriores. Ele diz que o governo não tem descuidado do problema das obras estruturantes como a construção das grandes adutoras. Explica que ministro Fernando Bezerra garantiu ter empenhado o dinheiro para as obras de construção da barragem do Rio Pardo, “que vai perenizar e tranquilizar o abastecimento de água em Vitória da Conquista”.
O governador destaca ainda que está fazendo um esforço grande para acelerar a instalação de poços perfurados, que vão garantir água, principalmente, para o consumo humano e que esses projetos fazem parte do programa estadual Água para Todos, que, inclusive, inspirou programa nacional com o mesmo nome implantado pela presidente da República Dilma Rousseff. “Com o nosso programa já levamos água de qualidade para mais de quatro milhões e meio de baianos”.

Um comentário:

  1. cade o programa aguá pra todos seu darlan e o dinheiro enviado pelo governo á exemplo de queimadas que ate hoje falta comcluão as instalaçoes fica pra mais um ano politico

    ResponderExcluir