quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

PESQUISA APONTA QUE HOMENS SOFREM MAIS QUE MULHERES COMA SOLIDÃO

Se, tradicionalmente, as mulheres iam em busca do amor e da segurança proporcionada por um homem, hoje em dia, o sucesso das mulheres no local de trabalho tem levado ao aumento da independência financeira e, consequentemente, à independência afetiva.
Um novo estudo mostrou que as mulheres estão tão felizes aproveitando sua liberdade e que não querem saber de um companheiro tão cedo.
A sondagem, feita pela empresa Mintel, descobriu que mais da metade das mulheres solteiras do Reino Unido dizem estar felizes com a condição, enquanto apenas 39% dos homens afirmaram sentir o mesmo. E menos de um terço delas admite sentir solidão. Nos homens essa margem chega a 70%.
Esses dados mostraram que a geração de mulheres infelizes e sem sorte no amor está ficando cada vez mais para trás, mudando as características dos laços afetivos.
 
Se, tradicionalmente, as mulheres iam em busca do amor e da segurança proporcionada por um homem, hoje em dia, o sucesso das mulheres no local de trabalho tem levado ao aumento da independência financeira e, consequentemente, à independência afetiva.
De acordo com Alexandra Richmond, pesquisadora e analista de estilo de vida da Mintel, a liberdade, para as mulheres, estava no topo da lista das vantagens de estar sozinha. "As solteiras não precisam justificar suas despesas e além disso, têm mais tempo para gastar com amigos, conhecer novos lugares e restaurantes e descobrir novas atividades”, diz a pesquisadora. (Galileu)

Nenhum comentário:

Postar um comentário